SERRINHA:SUA OPINIÃO É IMPORTANTE

SERRINHA:SUA OPINIÃO É IMPORTANTE

Vice prefeito Berg quer turistas visitando Serrinha

Vice prefeito Berg quer turistas visitando Serrinha
"Afim de colocar Serrinha de vez como parada obrigatória no roteiro turístico da Bahia, apresentamos o projeto Visite Serrinha. Esse projeto contará com um site, planos de marketing, transmissão de eventos ao vivo, aplicativo mobile (2a parte do projeto), divulgação em diversos meios, entre outras formas de propagar o nome de Serrinha." #EuAmoSerrinha #VisiteSerrinha

Serrinha:Final de semana se comemora na zona rural

Serrinha:Final de semana se comemora na zona rural

SERRINHA:NA CÁRDIO PULMONAR CHEGA VOCÊ FAZ SEU EXAME TODO DIA E MAIS BARATO

SERRINHA:NA CÁRDIO PULMONAR CHEGA VOCÊ FAZ SEU EXAME TODO DIA E MAIS BARATO
Médicos ,dentistas, exames e vacinas bem perto de você ,marque consultas no telefone 75-32610728 ou no zap 75-999925267 Promoção de inauguração com preços acessíveis! Você não precisa mais sair de Serrinha, pra ter serviços e exames médicos especializados, confira os serviços abaixo, tenha o privilégio e conforto de ter "em casa", a mesma qualidade que buscava fora, ajustado aos seus horários e deslocamentos.

Você está ouvindo:Rádio Clube Serrinha.NET

TODAS AS SEXTAS-FEIRAS NA CLUBE SERRINHA.NET VOCÊ CURTE:" NOS TEMPOS DAS DISCOTECAS" AS 20 HORAS

TODAS AS SEXTAS-FEIRAS NA CLUBE SERRINHA.NET VOCÊ CURTE:" NOS TEMPOS DAS DISCOTECAS" AS 20 HORAS
José Ribeiro vai tocar os grande sucessos das DISCOTECAS.Só as melhores pra você.

ATENÇÃO:CID MOREIRA NA CLUBE AS 18 HORAS com o Estudo Bíblico.

ATENÇÃO:CID MOREIRA NA CLUBE AS 18 HORAS com o Estudo Bíblico.
Todas as noites as 18 horas,você tem aqui na Rádio Clube Serrinha.net:Não tem tempo de ler? Ouça a Bíblia Sagrada!

A BIBLIA É A PALAVRA DO DEUS VIVO JEOVÁ.

A BIBLIA É A PALAVRA DO DEUS VIVO JEOVÁ.
DISSE JEOVÁ DEUS:"Você usa a boca para divulgar o que é mau, E a falsidade está presa à sua língua".

sábado, 25 de março de 2017

Parte do lucro do FGTS obtido em 2016 será depositado até 31 de agosto deste ano

Metade do lucro obtido pelo Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS)  em 2016 será repassado ao trabalhador até 31 de agosto deste ano. O dinheiro será creditado sobre o saldo de todas as contas ativas e inativas em 31 de dezembro de 2016 e somado à atual remuneração do fundo.

 As informações são do Ministério do Trabalho, citado pelo G1, segundo o qual a distribuição dos lucros do fundo é uma das mudanças criadas pela medida provisória 763, mesmo texto que permite aos trabalhadores o saque de suas contas inativas.

A expectativa é que, ao dividir 50% do resultado do FGTS com o trabalhador, a remuneração do fundo fique próxima à da poupança. No ano passado, a caderneta rendeu 8,30% contra 5,01% do fundo. A inflação oficial avançou 6,39% no período.

Rui entrega viaturas para 16 municípios durante passagem por Cícero Dantas

O governador Rui Costa entregou neste sábado (25), durante sua passagem por Cícero Dantas, equipamentos e viaturas para as polícias Civil e Militar, além do Corpo de Bombeiros, de 16 municípios baianos. Foram R$ 3,5 milhões investidos em carros modelo Ranger e Spin, motocicletas e em Base Móvel da PM, dos quais 21 para a Polícia Civil e 12 para a PM. Os veículos para o Corpo de Bombeiros foram destinados às unidades de Juazeiro e Paulo Afonso, com a inclusão de equipamentos para salvamento e resgate de vítimas que poderão ser usados em Cícero Dantas, Cipó, Jeremoabo, Paripiranga, Canudos, Juazeiro, Sobradinho, Uauá, Monte Santo, Euclides da Cunha, Paulo Afonso e Rodelas.

 "Para melhorar a eficiência e produtividade das forças policiais, é necessário investir em novos equipamentos, que proporcionem mais conforto e mais agilidade. Precisamos valorizar também o trabalho de homens e mulheres que todos os dias colocam suas vidas em risco para proteger a nossa sociedade", declarou Rui, durante a entrega. Além dos investimentos em segurança, o governador inaugurou a nova pavimentação do trecho de 3,7 quilômetros da BR-110 que dá acesso a Cícero Dantas, após investimento de R$ 1,5 milhão.

A agricultura familiar também foi pauta da agenda do governo neste sábado, desta vez referente á autorização de convênio do Programa Bahia Produtiva com a Cooperativa dos Apicultores do Sertão (Coapis). Com a assinatura, serão fornecidos equipamentos, veículo e recursos para a assessoria técnica que beneficiará 36 famílias da região. Dois carros pipas ainda foram entregues aos moradores de Cícero Dantas e Sítio do Quinto para abastecimento de água da região.

Governo acredita que população não está mobilizada para atos do MBL deste domingo

O Palácio do Planalto demonstra tranquilidade com relação às manifestações organizadas pelo Movimento Brasil Livre (MBL) para este domingo (26). De acordo com a colunista Mônica Bergamo, da Folha, relatórios de monitoramento feitos pela equipe de Michel Temer mostram que as pessoas não estão mobilizadas para ir em massa às ruas, como em março do ano passado, quando pediam o impeachment de Dilma Rousseff. Em comparação com 2016, o número de pessoas deverá ser mediano. Inclusive, os cartazes e gritos de "Fora, Temer" serão minoritários. No entendimento do governo, a pulverização de temas é um ponto favorável ao presidente, já que há grupos defendendo a revogação do estatuto do desarmamento, a Operação Lava Jato, contra a reforma da Previdência e o voto em lista fechada.

SBT, Record e RedeTV! anunciam saída da TV paga

Agora é oficial. Os canais SBT, Record e Rede TV! não estarão mais na grade de programação das televisões por assinatura NET, Claro, Embratel, Vivo, Oi e Sky a partir do dia 29 de março, próxima quarta-feira. A empresa Simba Content, criada pelas emissoras para cuidar do assunto, não aceita mais oferecer o sinal de graça para a TV paga, agora que apenas o sinal digital funcionará em São Paulo.

“Informamos que a partir do dia 29 de março, quando o sinal analógico de televisão será desligado em São Paulo, as emissoras Record TV, RedeTV! e SBT deixarão de exibir simultaneamente suas programações nas operadoras pagas NET, Claro, Embratel, Vivo, Oi e Sky”, afirma a nota oficial, veiculada na programação dos canais (assista abaixo).

A maior reclamação das três emissoras é que as empresas de televisão fechada não concordaram em pagar pelos direitos de transmissão do sinal digital de seus canais, procedimento natural para exibir a programação de TVs nacionais e estrangeiras. “Lamentamos não termos chegado a um acordo com as operadoras, porque quem perde com isso é o público brasileiro”, diz o texto.

Confira a nota oficial completa:

“Informamos que a partir do dia 29 de março, quando o sinal analógico de televisão será desligado em São Paulo, as emissoras Record TV, RedeTV! e SBT deixarão de exibir simultaneamente suas programações nas operadoras pagas NET, Claro, Embratel, Vivo, Oi e Sky. Estas empresas ainda não concordaram em pagar pelos direitos de transmissão do sinal digital de Record TV, SBT e RedeTV!, ao contrário do que já fazem com canais estrangeiros e com outras emissoras nacionais. Juntas, as três emissoras detêm grande parte da audiência da TV aberta e paga.

 Lamentamos não termos chegado a um acordo com as operadoras, porque quem perde com isso é o público brasileiro. Faremos todos os esforços para que nossa programação esteja no seu pacote de TV por assinatura. Esclarecemos que a TV aberta continua gratuita e, agora, com qualidade digital.”Fonte:Veja

Arnaldo Jabor:"Quem não dá assistência, abre concorrência"

Você homem da atualidade, vem se surpreendendo diuturnamente com o "nível" intelectual, cultural e, principalmente, "liberal" de sua mulher, namorada e etc.

Às vezes sequer sabe como agir, e lá no fundinho tem aquele medo de ser traído - ou nos termos usuais: "corneado". Saiba de uma coisa... esse risco é iminente, a probabilidade disso acontecer é muito grande, e só cabe a você, e a ninguém mais evitar que isso aconteça ou, então, assumir seu "chifre" em alto e bom som.

Você deve estar perguntando porque eu gastaria meu precioso tempo falando sobre isso. Entretanto, a aflição masculina diante da traição vem me chamando a atenção já há tempos.

Mas o que seria uma "mulher moderna"?

A princípio seria aquela que se ama acima de tudo, que não perde (e nem tem) tempo com/para futilidades, é aquela que trabalha porque acha que o trabalho engrandece, que é independente sentimentalmente dos outros, que é corajosa, companheira, confidente, amante...

É aquela que às vezes tem uma crise súbita de ciúmes mas que não tem vergonha nenhuma em admitir que está errada e correr pros seus braços...

É aquela que consegue ao mesmo tempo ser forte e meiga, desarrumada e linda...

Enfim, a mulher moderna é aquela que não tem medo de nada nem de ninguém, olha a vida de frente, fala o que pensa e o que sente, doa a quem doer...

Assim, após um processo "investigatório" junto a essas "mulheres modernas" pude constatar o pior:

VOCÊ SERÁ (OU É???) "corno", a menos que:

- Nunca deixe uma "mulher moderna" insegura. Antigamente elas choravam. Hoje, elas simplesmente traem, sem dó nem piedade.

- Não ache que ela tem poderes "adivinhatórios". Ela tem de saber - da sua boca - o quanto você gosta dela. Qualquer dúvida neste sentido poderá levar às conseqüências expostas acima.

- Não ache que é normal sair com os amigos (seja pra beber, pra jogar futebol...) mais do que duas vezes por semana, três vezes então é assinar atestado de "chifrudo". As "mulheres modernas" dificilmente andam implicando com isso, entretanto elas são categoricamente "cheias de amor pra dar" e precisam da "presença masculina". Se não for a sua meu amigo... bem...

- Quando disser que vai ligar, ligue, senão o risco dela ligar pra aquele ex bom de cama é grandessíssimo.

- Satisfaça-a sexualmente. Mas não finja satisfazê-la. As "mulheres modernas" têm um pique absurdo com relação ao sexo e, principalmente dos 20 aos 38 anos, elas pensam em - e querem - fazer sexo todos os dias (pasmem, mas é a pura verdade)...bom, nem precisa dizer que se não for com você...

- Lhe dê atenção. Mas principalmente faça com que ela perceba isso. Garanhões mau (ou bem) intencionados sempre existem, e estes quando querem são peritos em levar uma mulher às nuvens. Então, leve-a você, afinal, ela é sua ou não é????

Nem pense em provocar "ciuminhos" vãos. Como pude constatar, mulher insegura é uma máquina colocadora de chifres.

- Em hipótese alguma deixe-a desconfiar do fato de você estar saindo com outra. Essa mera suposição da parte delas dá ensejo ao um "chifre" tão estrondoso que quando você acordar, meu amigo, já existirá alguém MUITO MAIS "comedor" do que você...só que o prato principal, bem...dessa vez é a SUA mulher.

Sabe aquele bonitão que, você sabe, sairia com a sua mulher a qualquer hora. Bem... de repente a recíproca também pode ser verdadeira. Basta ela, só por um segundo, achar que você merece...Quando você reparar... já foi.

- Tente estar menos "cansado". A "mulher moderna" também trabalhou o dia inteiro e, provavelmente, ainda tem fôlego para - como diziam os homens de antigamente - "dar uma", para depois, virar pro lado e simplesmente dormir.

- Volte a fazer coisas do começo da relação. Se quando começaram a sair viviam se cruzando em "baladas", "se pegando" em lugares inusitados, trocavam e-mails ou telefonemas picantes, a chance dela gostar disso é muito grande, e a de sentir falta disso então é imensa. A "mulher moderna" não pode sentir falta dessas coisas...senão...

Bem amigos, aplica-se, finalmente, o tão famoso jargão "quem não dá assistência, abre concorrência".

Deste modo, se você está ao lado de uma mulher de quem realmente gosta e tem plena consciência de que, atualmente o mercado não está pra peixe (falemos de qualidade), pense bem antes de dar alguma dessas "mancadas"... proteja-a, ame-a, e, principalmente, faça-a saber disso.

Ela vai pensar milhões de vezes antes de dar bola pra aquele "bonitão" que vive enchendo-a de olhares... e vai continuar, sem dúvidas, olhando só pra você!
Arnaldo Jabor

Serrinha:Vigilância Sanitária desenvolve ações em toda a cidade

A Secretaria de Saúde, através da Vigilância Sanitária, iniciou uma série de atividades que serão desenvolvidas com os comerciantes da praça de alimentação da Morena Bela. Nesse primeiro momento, esteve presente um representante da Secretaria de Infraestrutura que também tomará providências importantes quanto às instalações do local.

Preocupado com os problemas do descarte e coleta dos resíduos, André, representante da empresa coletora, também participou da reunião onde foram adotadas novas rotinas para que a praça permaneça limpa.

Na pauta da vigilância, estão as orientações, dadas através de uma nutricionista, sobre higiene, como manipular alimentos, o uso de EPI, dentre outras. Na oportunidade, foram distribuídos: hipoclorito de sódio, panfletos com orientações de higiene e cuidados com as mãos, além de toucas descartáveis.

Ademais, será realizada, ainda, uma grande faxina, com o apoio da Secretaria de Infraestrutura, sob a supervisão da (Vigilância Sanitária) VISA, a qual, na manhã desta quinta-feira (23), com o apoio da Secretaria de Infraestrutura e da empresa A&S, realizou uma faxina geral na Praça Morena Bela, limpando a fonte luminosa e toda a área da praça de alimentação.

Essas ações demonstram a preocupação da Secretaria de Saúde e Vigilância Sanitária do município com o bem-estar da população. Além disso, revelam a participação da atual gestão nas mais diversas atividades que visam a promover melhor qualidade de vida ao povo do nosso município.
SECOMS. Fonte: Marcos Rodrigues

Secretário Municipal de Saúde realiza reunião com servidores da pasta

Na manhã dessa sexta-feira (24), o Secretário de Saúde do município de Serrinha, Alexandre Thaim, convocou uma reunião com todos os coordenadores e diretores da secretaria com objetivo de passar orientação quanto aos serviços prestados, condutas adotadas, regulação, fluxo e transporte dos pacientes, ouviu a demanda de setor com intuito de viabilizar uma melhor assistência.

Durante a reunião, foram discutidas as principais dificuldades enfrentadas pelos servidores no desenvolvimento de suas funções, bem como foram traçadas estratégias que visem a aperfeiçoar ainda mais o atendimento nesse setor do município.

Os diretores e coordenadores tiveram, também, a oportunidade de serem ouvidos e informarem mais claramente sobre as principais demandas de seus respectivos setores. Participaram da reunião diretores e coordenadores responsáveis pela Farmácia básica e pelo Hospital Municipal. Foi discutida, ainda, a relação de Serrinha com os municípios circunvizinhos.

Desse modo, todos os temas abordados durante a reunião visam a contribuir, significativamente, para solucionar eventuais problemas, buscando, ao mesmo tempo, oferecer aos funcionários do quadro um aperfeiçoamento ainda maior para a realização de um melhor serviço público.Fonte: SECOMS(Marcos Rodrigues)

AMANDO SANTOS:"Valeu Bezerrão"

Amigos do face. Acabo de ler que o nosso Governador Rui Costa autorizou para que se faça a licitação para a recuperação das estradas que ligam Serrinha/Coité e Serrinha/Biritinga.

Claro que vão aparecer vários pais para essas crianças, mas sejamos justos e reconheçamos o empenho do nosso representante na ALBA, o Deputado Gika Lopes.

Tenho acompanhado via assessoria todo o empenho e o esforço de Gika para conseguir obras em nossa região. Quer seja junto ao próprio Governador, ou indo nas secretarias. Valeu Bezerrão, alguns criticarão, mas muitos reconhecerão o teu trabalho. Se nem Cristo agradou à todos, pq vc agradaria?.Fonte:Amando Santos

RECUPERAÇÃO DE RODOVIAS INDICADAS PELO DEPUTADO GIKA LOPES TEM LICITAÇÕES ANUNCIADAS PELO GOVERNADOR RUI COSTA

Durante a passagem pela cidade de Riachão do Jacuípe, Rui Costa anunciou o lançamento do edital de licitação para recuperação das BA-233 e BA-409, no trecho entre Conceição do Coité, Serrinha e Biritinga, A recuperação dessas estradas foram indicadas pelo deputado Gika Lopes, “é com muita alegria que recebemos essa notícia do nosso governador, a cada reunião, a cada encontro com o Rui e com o Secretário de Infraestrutura eu cobrava a recuperação dessas estradas”, afirmou o parlamentar.

O governador entregou em Riachão do Jacuípe a nova pavimentação da BA-120, no trecho que liga o município a Conceição do Coité, foram investidos R$ 9,3 milhões na recuperação dos 28km da estrada.

REFORÇO NA SEGURANÇA PÚBLICA

Atendo outra solicitação do deputado Gika Lopes, o Governo do Estado entregou 20 novas viaturas que irão reforçar a segurança pública no território do Sisal, os veículos foram entregues aos prefeitos municipais e representantes das polícias Civil e Militar, cinco viaturas serão destinadas para a PM e 15 para a Polícia Civil.

“Esses novos veículos certamente irão ajudar na diminuição do índice de violência e propor agilidade nos processos de investigação, ajudando a coibir ações criminosas nos municípios, já que a presença da polícia funciona como inibidor de atividades ilícitas” ressaltou o deputado Gika.
OUTRAS PAUTAS – Projeto Araci-Norte

A Bahia vem passando por um longo processo de estiagem, que prejudica principalmente os territórios localizados no semiárido baiano, nesse sentido, o deputado Gika entregou em mãos do governador Rui Costa a solicitação de perfuração de 02 poços artesianos para comunidades rurais de Araci e cobrou a retomada do Projeto Araci-Norte, “a implantação desse sistema de abastecimento de água beneficiará mais de 34 mil pessoas de 64 comunidades dos municípios de Araci e Tucano” assegura o parlamentar.

Pagamentos de propina eram feitos até em cabaré, afirma delator da Odebrecht

Além de delatar pagamentos ilícitos ao marqueteiro baiano Duda Mendonça, o delator da Odebrecht, Hilberto Mascarenhas, que chefiou o departamento de pagamento de propina da empresa entre 2006 e 2015, disse em depoimento à Justiça Eleitoral que as entregas de dinheiro em espécie ocorriam em “lugares absurdos” e até em “cabaré”.

De acordo com a Folha de S. Paulo, quando questionado pelo juiz auxiliar da ação que pede a cassação da chapa de Dilma Rousseff e Michel Temer na eleição de 2014, sobre como eram os pagamentos ao marqueteiro João Santana e a esposa dele, Mônica Moura, responsável por operacionalizar as finanças, Hilberto respondeu: "Se fossem valores pequenos encontravam num bar, em todos os lugares.

 Você não tem ideia dos lugares mais absurdos que se encontra, no cabaré...". Para o repasse de valores mais vultosos, Hilberto contou que Mônica ou um representante dela se hospedavam em um hotel onde se encontravam com um intermediário contratado pela Odebrecht que fazia a entrega, mas que não era ligado diretamente à empresa. "Então, você se hospedava no hotel e de noite ele visitava o quarto do interessado, entregava e ia embora, para poder ter mais segurança se fossem valores maiores", contou.

Ele ainda relatou que, quando coordenava o departamento de propina, preferia fazer os pagamentos fora do país e que Mônica estaria na lista dos “top five” que recebiam os valores mais elevados de propina da área. "Eu dizia: eu prefiro pagar tudo no exterior, que era lá que era feita a geração, eu preferia pagar no exterior. Mas ela [Mônica Moura] exigia que partes fossem pagas no Brasil, justificando que tinha que pagar alguns serviços que eram feitos no Brasil...", disse.

Ranking da Fifa: Brasil será líder se vencer Paraguai

O Brasil está muito próximo de assumir a primeira colocação no ranking da Fifa. Para isso, basta vencer o Paraguai pelas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018, na próxima terça-feira, no Itaquerão, em São Paulo. Caso confirme o favoritismo, a seleção chegará a 1661 pontos e ultrapassará a Argentina, que mesmo que vença a Bolívia, só chegará a 1655 pontos, caindo para o segundo lugar.

Brasil (atual 2º colocado)

Vencendo o Paraguai – 1661 pontos (seria 1° lugar de qualquer forma)
Empatando com o Paraguai  – 1601 pontos (seria 2° lugar de qualquer forma)
Perdendo para o Paraguai – 1570 pontos (seria 2° lugar de qualquer forma)

Argentina (atual líder)

Vencendo a Bolívia – 1655 pontos
Empatando com a Bolívia – 1620 pontos
Perdendo para a Bolívia – 1603 pontos

Alemanha (3ª)

Vencendo o Azerbaijão- 1464 pontos

Chile (4º)

Vencendo a Venezuela – 1403 pontos

Bélgica (5º)

Vencendo Grécia e Rússia – 1346 pontos

Ranking feminino

Nesta sexta-feira, foi divulgada a atualização do ranking da Fifa feminino, com a seleção brasileira da craque Marta na nona colocação. A Alemanha, atual campeã olímpica, é a primeira colocada, seguida de Estados Unidos e França.

O ranking da Fifa no futebol feminino
1° – Alemanha – 2108 pontos
2° – EUA – 2105 pontos
3° – França – 2072 pontos
4° – Inglaterra – 2022 pontos
5° – Canadá – 2017 pontos
6° – Japão – 1977 pontos
6° – Suécia – 1977 pontos
8° – Austrália – 1976 pontos
9° – Brasil – 1961 pontos
10° – Coreia do Norte – 1953 pontos

Fonte:Veja

Filhos de mães maduras são mais bem resolvidos

A gravidez tardia é fortemente criticada por especialistas em reprodução devido aos potenciais problemas de saúde para a mãe e para o bebê. Entretanto, essa é cada vez mais uma realidade do mundo atual, no qual as mulheres tendem a postergar a gestação o máximo possível. Observando essa tendência, novo estudos têm mostrado os benefícios de ser uma mãe mais velha. O mais recente deles, publicado no periódico científico European Journal of Developmental Psychology, sugere que, no que diz respeito à criação, ter um filho mais tarde traz muitos benefícios para o comportamento dos filhos.

Menos problemas comportamentais

A análise, feita por pesquisadores da Universidade Aarhus, na Dinamarca, a partir de respostas de 5.000 mães dinamarquesas mostrou que filhos fruto de gestações tardias têm menos problemas comportamentais, sociais e emocionais desde o nascimento até a adolescência.

Os resultados mostraram que as habilidades de linguagem e desenvolvimento social das crianças foram melhorando conforme a idade das mães – quanto mais velha a mãe, melhor o desempenho do filho nestes quesitos -, independentemente de fatores como antecedentes, educação e finanças. Além disso, as mães mais velhas não repreendem ou disciplinam fisicamente seus filhos tanto quanto as mais novas.

Cada vez mais mulheres estão correndo contra o relógio biológico e decidindo engravidar mais tarde. As técnicas de fertilização e agora o congelamento de óvulos aparecem como um meio de tornar esse processo mais simples e possível
Saúde
É simples engravidar depois dos 40 anos? A medicina ainda não avançou tanto assim

Uma das razões para isso pode ser a “maturidade psicológica”.  “Sabemos que as pessoas se tornam mentalmente mais flexíveis com a idade, são mais tolerantes com outras pessoas e prosperam melhor emocionalmente. É por isso que a maturidade psicológica pode explicar por que as mães mais velhas não repreendem e disciplinam fisicamente seus filhos. Esse estilo de criação pode contribuir para um ambiente psicossocial positivo que afeta a educação das crianças”, disse Dion Sommer, líder da pesquisa, ao jornal britânico The Independent.

Estudos anteriores já haviam ilustrado outros benefícios da maternidade tardia como viver mais, filhos mais altos e mais inteligentes.

Após denúncia, governo publica ‘lista suja’ de trabalho escravo

Depois de uma denúncia contra o Brasil na ONU e de uma batalha judicial, o governo federal publicou nesta quinta-feira a chamada ‘lista suja’ de trabalho escravo no país. A lista não era divulgada desde 2014.

Na segunda-feira, a ONG Conectas fez uma denúncia contra o Brasil na sessão do Conselho de Direitos Humanos da ONU, na Suíça.

A publicação da lista havia sido suspensa em 2014 por liminar concedida pelo ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Ricardo Lewandowski para a Associação Brasileira de Incorporadora Imobiliárias. Em 2016, uma decisão liberou a publicação da lista.

Mesmo assim, a divulgação dos nomes das empresas que submetem seus funcionários a condições análogas à escravidão continuou paralisada. Um dos argumentos utilizados pelo governo para brecar a divulgação era a de que as empresas não teriam direito de se defender e isso poderia prejudicá-las.

Neste mês, após três sentenças judiciais que determinavam o fim do sigilo do cadastro, o Tribunal Superior do Trabalho (TST) aceitou pedido apresentado pela Advocacia-Geral da União (AGU) para suspender a divulgação dos nomes de empresas e pessoas físicas flagradas nas operações de combate ao trabalho forçado. A decisão do presidente do TST Ives Gandra Martins foi derrubada por outro ministro da Corte.

Para Caio Borges, advogado e coordenador do programa de Empresas e Direitos Humanos da Conectas, a não publicação da lista prejudica as vítimas de trabalho análogo à escravidão, um contingente estimado de 160 mil pessoas, segundo a organização Walk Free.

“O Brasil foi o primeiro a admitir na ONU que possuía formas contemporâneas de escravidão e tem ganhado reconhecimento internacional por colocar em funcionamento políticas públicas e instrumentos inovadores para combater esse tipo de violação. Era o caso da lista suja, que ainda não encontra paralelo em qualquer outro país”, diz ele.

Segundo dele, a suspensão da divulgação é uma violação ao direito de toda à sociedade de ter acesso a informações sobre a fiscalização. “Sem a lista, a sociedade fica no escuro e já não dispõe de um eficaz instrumento para saber quais empresas ainda se utilizam de mão de obra escrava. O próprio setor empresarial preocupado com a ética e com a sustentabilidade nos negócios fica impedido de realizar uma adequada avaliação de riscos.”

Borges lembra que a lista suja era utilizada por bancos e empresas públicas e privadas para controlar o compromisso de seus clientes e parceiros comerciais com os direitos humanos mais básicos. “A mensagem que a suspensão da lista passa, para essas cadeias, é a da permissividade, da tolerância e da irresponsabilidade.”

O Ministério do Trabalho não se posicionou sobre a publicação. Apenas colocou a lista em seu site.Fonte:Veja

Moro põe sigilo máximo sobre depoimento de executivo da Odebrecht

O juiz federal Sergio Moro está vacinado contra vazamentos dos depoimentos de executivos da Odebrecht sob sua responsabilidade. Depois da falha no sistema da Justiça Federal que permitiu acesso ao depoimento do presidente do conselho da empreiteira, Emílio Odebrecht, o magistrado determinou que a oitiva do ex-presidente do Grupo Odebrecht Pedro Novis, nesta sexta-feira, fosse colocado no grau de sigilo nível 4, no qual nem mesmo os advogados dos réus e o Ministério Público Federal têm acesso.

“Devem ser tomadas as cautelas necessárias para prevenir erros no sistema”, ponderou o juiz.

Novis, assim como Odebrecht, depôs como testemunha de defesa na ação penal que tem entre os réus Marcelo Odebrecht, o “príncipe dos empreiteiros”, o ex-ministro da Fazenda e da Casa Civil Antonio Palocci e o marqueteiro João Santana. O processo apura a “conta corrente da propina” mantida por Palocci, o Partido dos Trabalhadores e a Odebrecht.

No termo da audiência, Moro afirma que o sigilo será mantido até que o Supremo Tribunal Federal (STF) divulgue as delações premiadas da empreiteira ou que seja aberta a fase de alegações finais do processo, em que o MPF e os réus têm a última oportunidade de se manifestar antes da sentença.Fonte:Veja

sexta-feira, 24 de março de 2017

COMUNICADO À POPULAÇÃO DE SERRINHA-BA


O Município de Serrinha foi inscrito no sistema integrado de administração financeira do Governo Federal, SIAF/CAUC, em razão da ausência de transferência de dados do SIOPS (Sistema de Informações sobre Orçamentos Públicos em Saúde), referentes ao 6º bimestre do ano de 2016. Tais dados são relativos às informações da aplicação mínima de recursos na área da saúde e não foram emitidos pela gestão anterior.

Assim, a administração do ex-prefeito, juntamente com os técnicos responsáveis, ao deixar de “alimentar” o SIOPS, prejudicou, substancialmente, toda a municipalidade da atual gestão, devido ao bloqueio das cotas de 10 e 20 de março de 2017 do FPM (FUNDO DE PARTICIPAÇÃO DOS MUNICÍPIOS), verbas estas que equivalem à maior parte dos recursos municipais, sendo, portanto, essenciais à manutenção dos serviços públicos básicos.

Diante da presente situação, o atual Prefeito Municipal, Dr. ADRIANO SILVA LIMA, encaminhou NOTIFICAÇÃO ao ex-prefeito, solicitando que apresentasse a prestação de contas referente aos Recursos da Saúde para fins de alimentação do SIOPS, contudo o ex- gestor se manteve silente.

Sendo assim, a atual gestão deu entrada em uma AÇÃO CIVIL PÚBLICA POR ATO DE IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA, bem como fez uma REPRESENTAÇÃO CRIMINAL junto ao MPF (MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL) contra o ex-prefeito do município.

Nesse sentido, diante do iminente risco de novos bloqueios nas cotas subsequentes, isso, repita-se, pela gestão anterior não ter passado as informações devidas ao sistema SIOPS, o Município de Serrinha, através de sua assessoria jurídica, ingressou junto à JUSTIÇA FEDERAL, com a competente AÇÃO ORDINÁRIA cumulada com OBRIGAÇÃO DE FAZER COM PEDIDO DE TUTELA DE URGÊNCIA (LIMINAR) em face da UNIÃO FEDERAL, para fins de REALIZAR O IMEDIATO DESBLOQUEIO DO FPM DA COTA DO DIA 10 DE MARÇO DE 2017 E OUTRAS, PORVENTURA, BLOQUEADAS ATÉ O CUMPRIMENTO DA

DECISÃO, ABSTENDO-SE DE EFETUAR OUTROS BLOQUEIOS DE VERBAS EM VIRTUDE DA INADIMPLÊNCIA GERADA PELA ADMINISTRAÇÃO DO EX-PREFEITO.

Analisando os fatos e fundamentos apresentados na ação ordinária, bem assim, os documentos anexados, a Subseção Judiciária de Feira de Santana, deferiu a liminar nos moldes pleiteados, acatando na totalidade os pedidos formulados na mencionada Ação.

Atendendo também ao pedido constante na ação, a douta magistrada que julgou a situação determinou a intimação da UNIÃO via e-mail oficial, dando celeridade ao debloqueio do FPM no montante de aproximadamente R$ 1.000.000,00 (um milhão de reais), o que foi devidamente cumprido no dia 21 de março do corrente ano.

Logo, as medidas judiciais adotadas pelo município de Serrinha visam a atender os interesses do município, que, consequentemente, são os interesses da população serrinhense.

Delator diz que Odebrecht pagou R$ 21 mi por tempo de TV na campanha de Dilma em 2014


O delator da Odebrecht Alexandrino Alencar relatou à força-tarefa da Lava Jato que a empreiteira pagou R$ 21 milhões para compra de tempo na TV para a campanha de Dilma Rousseff em 2014. O ex-diretor da construtora contou aos procuradores que o então tesoureiro da campanha, Edinho Silva, pediu que o montante fosse distribuído para três partidos, via caixa dois. PCdoB, PROS e PRB levaram R$ 7 milhões cada para dar à chapa PT-PMDB o tempo de TV que tinham durante o período eleitoral. Conforme reproduzido pelo colunista Lauro Jardim, de O Globo, três reuniões na sede da Odebrecht com o presidente do PRB, Marcos Pereira (atual ministro da Indústria e Comércio), foram suficientes para a venda de 1m1s. O representante comunista Fábio Tokarski também foi à sede da empreiteira e vendeu o 1m12s que o partido tinha à chapa presidencial. Tokarski chegou até a ser candidato a deputado federal pelo PCdoB, mas foi barrado pela Lei da Ficha Limpa. Eurípedes Júnior, responsável pelo PROS, negociou os 45s de tempo por dia em um encontro num hotel em frente ao aeroporto de Congonhas (SP), de acordo com o delator.

Marcelo Odebrecht revela repasses para 'conta' de Lula


Marcelo Odebrecht, herdeiro e ex-presidente do grupo que leva seu sobrenome, apresentou ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) documentos que apontam o detalhamento da suposta movimentação da conta-corrente do Setor de Operações Estruturadas - o departamento da propina - realizada pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. A informação consta de trechos das declarações divulgadas ontem pelo site "O Antagonista".

Entre os documentos está uma curta planilha em que aparece o codinome "Amigo", que seria uma referência a Lula. A lista revela que, em 22 de outubro de 2013, o saldo de "Amigo" era de R$ 15 milhões. Já em 31 de março de 2014, o valor passou para R$ 10 milhões - não foi explicado o que foi feito com R$ 5 milhões. Ao falar sobre o gerenciamento da conta com recursos repassados para as campanhas de Lula e da presidente cassada Dilma Rousseff, Marcelo afirmou que foi o ex-presidente quem indicou o ex-ministro da Casa Civil Antonio Palocci para ser o administrador da conta corrente irrigada por recursos de caixa 2.

 "Eu falei com ela (Dilma)... Olha, presidente, em 2010, 2009, em 2010, eu falei: presidente, tudo eu estou tratando com o Palocci, era o meu combinado com o Lula, tá ok? Ela falou: Tá ok", disse o delator. A assessoria de imprensa do Instituto Lula, por meio de nota, afirmou que não foi encontrado nenhum recurso indevido para o ex-presidente.

 "Lula jamais solicitou qualquer recurso indevido para a Odebrecht ou qualquer outra empresa para qualquer fim e isso será provado na Justiça." "Lula não tem nenhuma relação com qualquer planilha na qual outros se referem a ele como 'Amigo'." O instituto disse que "não cabe comentar depoimento sob sigilo de Justiça vazado seletivamente e de forma ilegal."

Paulinho cita Felipão como um dos responsáveis por boa fase


O meio-campista Paulinho marcou três gols em uma mesma partida pela primeira vez em sua carreira, logo contra o Uruguai, no estádio Centenário, na goleada por 4 a 1 da seleção brasileira. Com mais uma atuação convincente, o jogador de 28 anos, um dos remanescentes do vexame de 2014, espantou de vez as contestações sobre sua convocação. E após a partida agradeceu não só a Tite, mas ao técnico de seu clube na China, Luiz Felipe Scolari.

Perguntado sobre como conseguiu resgatar seu alto nível jogando pelo Guangzhou Evergrande, da China, após anos ruins na Inglaterra.”É até meio complicado falar, mas não fiz nada de diferente. Tomei uma decisão de ir para o futebol chinês, que todos achavam que é era uma loucura, e só posso agradecer ao Guangzhou por ter confiado em mim, e ao professor Felipão por ter me tirado do Tottenham. Lá resgatei minha confiança”, disse, na zona mista do Centenário.

O técnico Tite preferiu não chamar para si os méritos por ter apostado em seu ex-companheiro de Corinthians e foi econômico nos elogios a Paulinho. “A atuação e os números dele falam por si só.” O treinador destacou o condicionamento físico dos atletas – a preocupação com Paulinho, Gil e Renato Augusto, os “chineses” da equipe, tem sido maior.  “Eles adquiriram uma consciência grande de serem atletas na acepção da palavra. Ninguém está com porcentual de gordura alto. Eles sabem que o jogo também é físico.”

Delator diz que avisou Odebrecht sobre volume ‘insano’ de propina


O ex-chefe do Setor de Operações Estruturadas da Odebrecht Hilberto Mascarenhas afirmou ao ministro Herman Benjamin, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que avisou Marcelo Odebrecht algumas vezes sobre o “volume insano” de movimentações financeiras realizadas pela empreiteira. “Vai dar problema um dia ou outro”, disse o executivo ao patrão.

O depoimento do delator foi no âmbito na Ação de Investigação Judicial Eleitoral (Aije) contra a chapa Dilma/Temer, reeleita em 2014. Ao contar sobre como temia pela segurança dos funcionários do setor responsável por efetuar pagamentos para agentes públicos de várias nacionalidades e em diversas praças bancárias do mundo, o executivo afirmou ter brigado muitas vezes com seus superiores por causa de solicitações para pagamentos em alguns países “impossíveis”.

Dentro da estrutura do setor, disse Mascarenhas, Fernando Migliaccio gerenciava o trabalho das secretárias Angela Palmeira e Maria Lúcia Tavares, responsáveis por acionar o operadores que efetuavam os pagamentos em espécie no Brasil. Luiz Eduardo Soares, o Luizinho, seria o nome por trás das grandes operações no exterior.

Como exemplo, o delator relatou um pagamento 20 milhões de dólares solicitado para ser entregue em Angola. “O senhor não faz uma operação de 20 milhões de dólares nesse mundo hoje. No mundo hoje, o senhor não faz. Então o senhor tem que criar vários caminhos para fazer esses pagamentos”, afirmou, ao detalhar as manobras financeiras utilizadas pelo setor.

O delator citou a utilização de fundos de investimentos e transações entre contas dentro do mesmo banco e depois entre contas da mesma pessoa em bancos diferentes para que o dinheiro chegasse até o agente público sem despertar suspeita do compliance dos bancos. “Porque nós tivemos problemas de o banco chamar e dizer assim: tire a sua conta daqui, porque você está fazendo essa conta pagamentos diversos e eu sou um banco private”, contou. “O Luiz Eduardo vivia muito nisso, entendeu? Identificar novos bancos”, completou.

(Com Estadão Conteúdo)

quinta-feira, 23 de março de 2017

Fiscais faziam vista grossa a irregularidades com carnes no PR, aponta CGU


Fiscais da Superintendência do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento fizeram "vista grossa" a irregularidades em frigoríficos no Estado do Paraná em 2014. Os agentes públicos deixaram de aplicar R$ 453.807,08 em multas, referentes a 29 irregularidades encontradas em oito frigoríficos naquele ano.

A conclusão é de um relatório da CGU (Ministério da Transparência, Fiscalização e Controladoria Geral da União). O documento foi apresentado em dezembro de 2016, após dois anos de auditoria. A investigação da CGU aponta diversos problemas na fiscalização do Ministério da Agricultura em relação à produção de carne bovina no Paraná.

Os frigoríficos do Estado estão entre os principais alvos da Operação Carne Fraca, desencadeada pela Polícia Federal na sexta-feira (17) com a prisão de 37 pessoas --entre funcionários de frigoríficos e servidores públicos. A operação da PF investiga irregularidades e fraudes na fiscalização da produção de carne no Brasil. Das 21 empresas investigadas, 18 ficam no Paraná.

Segundo o relatório da CGU, fiscais do Paraná deixaram de autuar empresas em casos como:

    presença da bactéria salmonela, sem medidas para acabar com a contaminação;
    falta de data de produção e validade em produtos inspecionados;
    transporte de produtos desrespeitando a temperatura máxima permitida;
    descumprimento de medidas relacionadas à saúde física e mental dos animais;
    falta de iluminação e pavimentação em alguns frigoríficos;
    resíduos de sabão em mesa de manipulação de miúdos;
    e problemas de higiene (como funcionários trabalhando sem uniforme, restos de sangue e carne secos nas paredes e funcionários lavando os uniformes de trabalho em casa).

O que dizem os fiscais

Questionado pelo UOL na noite de quarta-feira sobre os problemas na fiscalização, por meio de sua assessoria de imprensa, o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento não respondeu até a publicação desta reportagem.

No processo administrativo da CGU, os fiscais respondem aos questionamentos negando irregularidades e alegam, por exemplo, que não há estrutura adequada para as fiscalizações. Sobre o fato de não terem aplicado as multas, os responsáveis afirmam que os prazos para manifestação das empresas e correção dos problemas foram respeitados, e que não deixaram de fazer nenhuma autuação obrigatória.
Apenas metade das inspeções foi feita

A auditoria da CGU também constatou que, em 2014, a equipe de fiscalização de bovinos fez apenas metade das inspeções in loco nos frigoríficos que estavam programadas para aquele ano. Dos 16 estabelecimentos que produzem carne bovina no Paraná, só oito tiveram o local de produção inspecionado como deveriam.

As constatações da auditoria apontam também que, em alguns casos, os fiscais que atuavam nas empresas não possuíam a independência necessária para fazer o trabalho. Um deles estava havia 17 anos fiscalizando a mesma empresa, o que, na visão dos auditores da CGU, pode ter criado proximidade entre o agente público e a empresa que ele deveria fiscalizar.

Planejamento de inspeções falho, auditoria deficiente em rótulos, falta de fiscalização permanente onde ela é obrigatória e a não apuração de denúncias feitas ao órgão completam o panorama da fiscalização de bovinos do Ministério da Agricultura no Paraná, de acordo com o parecer da CGU.
Operação Carne Fraca investiga 21 empresas

A Polícia Federal produziu apenas um laudo técnico em uma das 21 empresas investigadas para embasar a Operação Carne Fraca, e usou informações de outro laudo de 2015, que faz parte de um processo administrativo do Ministério da Agricultura. O governo tinha conhecimento das suspeitas de fraude pelo menos desde outubro de 2015.

A Associação Nacional dos Peritos Criminais Federais (APCF) divulgou nota afirmando que as conclusões da operação sobre os danos à saúde pública não têm embasamento científico. Segundo a entidade, os peritos federais foram acionados pela PF apenas uma vez durante as investigações e o laudo resultante desse trabalho não comprovou tais danos.

A equipe da PF que atua no caso defendeu a operação e disse que ainda há muito material sob sigilo. Apesar das críticas sobre a falta de laudos técnicos, o delegado defendeu a operação com base em outras provas da investigação, como escutas, depoimentos e quebras de sigilo bancário.

A Fenapef (Federação Nacional dos Policiais Federais) defendeu a atuação dos agentes federais, mas criticou a forma como as investigações foram divulgadas.

Membros do governo e representantes do setor produtivo criticaram a atuação da Polícia Federal no caso. O ministro da Agricultura, Blairo Maggi, afirmou que a "narrativa" da PF está cheia de "fantasias" e "idiotices". Nesta quarta-feira (22), o ministro disse que os prejuízos para o setor são estratosféricos.

Diversos países já anunciaram restrições temporárias à carne brasileira desde que a Operação Carne Fraca foi deflagrada.

As empresas envolvidas, dentre elas algumas das maiores do ramo no país, como a BRF (dona das marcas Perdigão e Sadia) e a JBS (dona das marca Friboi, Seara e Swift), negam envolvimento nas irregularidades.

UOL

Alunos dos cursos da Carreta do SENAI em Serrinha, já iniciaram as aulas práticas.


A secretária de ação social Adriana Melo e a primeira dama Marcele Lima por meio de um ato de apresentação pública da Unidade Móvel junto com o representante do SENAI Levi Costa recebeu alguns empresários e colaboradores do ramo alimentício na Unidade Móvel de Panificação com o objetivo de mostrar os equipamentos, metodologia assim como o perfil que cada aluno sairá ao final de cada curso.

A Unidade Móvel foi construída pelo SENAI para atender os municípios baianos que não tem uma laboratório de alimentos ou uma cozinha industrial para oferta de cursos relacionados à área.

A Unidade Móvel está sob a coordenação técnica da área de alimentos do SENAI onde são executados cursos da área de panificação, confeitaria, conservas e doces, sequilhos, salgados, etc. Tudo o que tem em uma panificadora também tem instalado no equipamento o que configura uma imagem real do mercado de trabalho em relação ao ambiente empresarial.

No convênio estabelecido entre o SENAI e a Prefeitura Municipal de Serrinha firmou-se a execução dos seguintes cursos:

Panificação Básica;
Confeitaria Básica;
Pizzas;
Produção de Sequilhos;
Salgados e Folhados.

"Todos os cursos serão desenvolvido na Unidade Móvel e serão atendidos 20 alunos por turma. Com pessoas qualificadas teremos a possibilidade de gerar emprego e renda no município oportunizando assim o aquecimento da economia da cidade." Pontuou Levi Costa, representante do SENAI na região.

SECOMS.(Marcos Rodrigues)

Procuradoria Eleitoral investiga servidores que se candidataram só para obter licença


A Procuradoria Regional Eleitoral na Bahia (PRE-BA) instaurou nessa segunda-feira (20) um procedimento administrativo para apurar casos de servidores públicos que foram candidatos nas eleições de 2016 apenas para obter licença remunerada, sem participar de fato do processo eleitoral.

O procurador Regional Eleitoral, Ruy Nestor Bastos Mello, pediu ao Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA) os nomes e qualificação dos candidatos servidores públicos que concorreram às eleições de 2016, a natureza e local de seus vínculos funcionais (estadual, federal ou municipal), o total de votos obtidos e o montante das despesas de campanha, distinguindo-se os gastos financeiros e os gastos estimáveis em dinheiro.

A Procuradoria já havia instaurado um procedimento em 2015 com a mesma finalidade, para os candidatos servidores públicos nas eleições de 2014. De acordo com o procurador, “a PRE recebeu informações de atuações dos Ministérios Públicos em casos desse tipo, principalmente através de ações de improbidade administrativa ajuizadas contra os servidores públicos”.

Mello destaca que a participação apenas com o objetivo de obter a licença pode ser verificada pela obtenção de poucos votos e também com gastos mínimos, ou até mesmo zerados, de campanha. Caso sejam encontradas irregularidades, a PRE irá encaminhar representações aos órgãos do Ministério Público para apuração de eventual prática de ato de improbidade administrativa e/ou de crime de estelionato ou falsidade.Fonte:Bahia Noticias

Temer rebate Dilma: ‘Os que se dizem fortes destruíram o país’


O presidente Michel Temer rebateu nesta quarta-feira as declarações de sua antecessora Dilma Rousseff, que o chamou de “fraco e medroso” em entrevista concedida na semana passada ao jornal Valor Econômico. “Os que se dizem fortes destruíram o país”, afirmou o peemedebista, completando que “as pessoas confundem educação pessoal com eventual fraqueza”.

Temer conversou com o jornalista Roberto D’Ávila em entrevista que foi ao ar na noite desta quarta no canal Globonews. Além de rebater Dilma, o presidente falou sobre outros assuntos, como a Operação Carne Fraca e a “paternidade” da transposição do Rio São Francisco.

Sobre a Carne Fraca, Temer ressaltou que apenas 21 frigoríferos estão sob suspeita de um total de mais de 4 mil e destacou que o “espetáculo” da operação prejudicou o país, que viu as exportações de carne despencarem após embargos de nações compradoras. “Faz-se um espetáculo com esse episódio e cria-se um problema internacional”, lamentou. Apesar da crítica, o peemedebista disse que não vê razão para trocar o comando da Polícia Federal.

Questionado sobre o encontro com o ex-presidente Luis Inácio Lula da Silva em São Paulo, durante a internação da ex-primeira-dama Marisa Letícia, Temer afirmou que teve o cuidado de ligar para o médico Roberto Kalil Filho antes da visita, para saber se o petista poderia recebê-lo. “Ele disse que receberia com muito gosto.” O peemedebista defendeu que os ex-presidentes deveriam conversar mais e prometeu: “Chamarei os ex-presidentes para ajudar”.

Temer também chamou de “discussão inútil” a disputa pela “paternidade” da transposição do Rio São Francisco. Um dos trechos da obra, na Paraíba, foi inaugurado pelo peemedebista no início do mês e reinaugurado por Dilma e Lula dias depois. “O que importa é que a água chegou lá”, disse Temer. “O Lula fez o trabalho dele, sem dúvida nenhuma, como fez a ex-presidente Dilma.”
Outros temas

Na entrevista, Temer também defendeu a reforma da Previdência, afirmou que vai lutar contra sua cassação no TSE, disse que ainda não há nenhum encontro marcado com Donald Trump e repetiu que não apela para “atos populistas” ao justificar seu baixo índice de aprovação. Perguntado sobre a mudança-relâmpago do Palácio da Alvorada de volta para o Jabuti, o peemedebista reafirmou que ele e sua família estranharam muito a residência oficial do presidente. “Não deixo de acreditar em certas energias. Não me senti à vontade.”

Brasil defende invencibilidade de mais de 15 anos contra Uruguai


A rivalidade centenária entre Brasil e Uruguai, duas das principais seleções de futebol do mundo, possui diversos capítulos marcantes. Os uruguaios foram responsáveis pelo Maracanazo, como ficou conhecida a trágica derrota brasileira na final da Copa de 1950, no Rio de Janeiro. Nos últimos anos, no entanto, a seleção brasileira tem tido mais alegrias. No jogo desta quinta-feira, que começa às 20h (horário de Brasília), no Estádio Centenário, o Brasil defenderá uma sequência de mais de 15 anos sem derrota contra os uruguaios. E pode colocar um pé e meio na Copa do Mundo de 2018, na Rússia.

A última derrota para o Uruguai aconteceu em 1º de julho de 2001, também pelas Eliminatórias, no Centenário: 1 a 0, com gol de pênalti de Federico Magallanes, no jogo que marcou o fim da passagem de Romário pela seleção. O técnico Luiz Felipe Scolari jamais voltou a convocá-lo, por causa de problemas disciplinares do atacante em Montevidéu. Desde então, oito jogos foram disputados, com cinco vitórias do Brasil e três empates.

Apesar de sofrer nos primeiros anos de confronto, quando o Uruguai era uma das principais potências do futebol mundial, o Brasil leva vantagem também no retrospecto geral: em 74 partidas, tem 34 vitórias, 20 derrotas e 20 empates.

No último jogo em Montevidéu, em 6 de junho de 2009, o Brasil conseguiu sua maior vitória em solo uruguaio, por 4 a 0,  com gols de Daniel Alves, Juan, Luís Fabiano e Kaká, pelas Eliminatórias para a Copa de 2010. O último encontro foi em 25 de março de 2016, em Recife, e terminou empatado em 2 a 2, com gols de Douglas Costa, Renato Augusto, Luis Suárez e Edinson Cavani.

O jogo desta noite terá duas grandes ausências. O uruguaio Luis Suárez, estrela do Barcelona, está suspenso e não poderá enfrentar o amigo Neymar. Seu substituto será Diego Rolán, do Bordeaux. Já o Brasil não terá o lesionado Gabriel Jesus, que será substituído por Roberto Firmino. Diego Souza, do Sport, e Dudu, do Palmeiras, aparecem como opções do técnico Tite para a segunda etapa.

O Uruguai confia na força de seu estádio: venceu todos os seis jogos que disputou no Centenário nestas Eliminatórias e está há 25 jogos sem perder no país, entre compromissos oficiais e amistosos . A última derrota foi em 2009, 1 a 0 para a Argentina. Sem Suárez, a maior esperança uruguaia passa a ser Edinson Cavani, artilheiro das Eliminatórias com oito gols. Mais de 42.000 ingressos já foram vendidos para o jogo desta noite.

O Brasil lidera as Eliminatórias com 27 pontos, quatro a mais que o próprio Uruguai, vice-líder. Ainda que o técnico Tite acredite que com um empate o Brasil estará garantido na Rússia em 2018 (baseado nos números das edições anteriores das Eliminatórias), a classificação matemática não virá em Montevidéu mesmo em caso de vitória. A vaga pode ser confirmada na terça-feira, contra o Paraguai, no Itaquerão, em São Paulo. Para isso, porém, o Brasil precisará de duas vitórias e de tropeços de concorrentes como Argentina e Colômbia.
O técnico Tite

(com Gazeta Press)

Carne fraca: cidade goiana não sabe o que fazer com 150 mil perus


A tensão que o embargo da carne causou em todo o país tem testado seus limites na pequena cidade de Mineiros, município de 60 mil habitantes a 450 quilômetros de Goiânia. O clima é de desespero entre os produtores de peru e frango do município, que abastecem o complexo frigorífico da BRF Perdigão, unidade que está com as portas fechadas desde sexta-feira, quando a Polícia Federal deflagrou a Operação Carne Fraca.

No entra e sai que há uma semana tumultua o escritório da Associação dos Avicultores Integrados da Perdigão em Mineiros (Avip), os produtores de aves buscam alguma resposta sobre o que será feito com os milhares de animais que já estão em fase de abate pelo frigorífico. “O que temos para dizer é simplesmente alarmante”, afirma Fábio Lemos, vice-presidente da associação. “Estamos perdidos. Não temos nenhuma relação com as acusações, mas estamos aqui sozinhos, sem ter a menor ideia do que vai acontecer.”

A unidade da Perdigão de Mineiros é um dos três frigoríficos que tiveram suas linhas de produção paralisadas por determinação do Ministério da Agricultura, até que se apurem as eventuais falhas sanitárias investigadas pela Polícia Federal. Em operação regular até a semana passada, o frigorífico teve sua licença sanitária aprovada em fevereiro e vinha abatendo diariamente cerca de 25 mil perus, aves que são enviadas ao exterior, principalmente a países da União Europeia.

Com o fechamento da unidade, as 219 granjas do município travaram as atividades. Nos últimos seis dias, cerca de 150 mil perus que deveriam ter deixado os criadouros para serem abatidos na unidade da BRF tiveram de continuar no campo. Esse problema se agrava diariamente, não apenas por conta do volume de aves acumuladas, mas principalmente pelo peso que os animais passam a ganhar.

O limite do peso para abate de cada ave, segundo os produtores, é de até 25 kg. Em média, os animais, conhecidos como “peru pesado”, estão com cerca de 20 kg no momento do abate. Ao permanecerem nas granjas, eles ultrapassam 25 kg e não podem mais entrar na linha de produção por conta da configuração técnica da fábrica. Ou seja, não poderão ser processados pela unidade da Perdigão, além de não atenderem às exigências de boa parte dos compradores internacionais.

Nas fazendas de Mineiros, dentro de galpões ventilados 24 horas por dia e com temperatura mantida constantemente em 27 graus, há 4,3 milhões de perus em alguma fase de sua vida de seis meses até o abate. A produção no frigorífico é permanente e ocorre de segunda a sábado, o ano todo. Por dia, 25 mil aves deveriam seguir para a unidade de processamento, mas estão em cativeiro, e continuam a engordar. Por isso, cada dia de paralisação nesse processo gera um efeito em cascata em toda a cadeia.

As acusações que envolvem a unidade da BRF em Mineiros são de pagamento de propina a fiscais agropecuários para evitar o fechamento da unidade e facilitar a emissão de autorizações sanitárias. Dois funcionários tiveram prisão preventiva decretada e um vice-presidente foi alvo de condução coercitiva e busca e apreensão.

(Com Estadão Conteúdo)

Reforma da Previdência: 86% dos servidores ficam de fora


A decisão do presidente Michel Temer de retirar os servidores estaduais e municipais da reforma da Previdência, anunciada na terça-feira, acabou deixando 86% do funcionalismo público em atividade no País fora do alcance da Proposta de Emenda Constitucional (PEC) que altera as regras de aposentadorias e pensões em tramitação no Congresso Nacional.

Do total de 6,214 milhões de servidores públicos (federais, estaduais e municipais), 5,362 milhões não farão parte da reforma depois que o presidente cedeu às pressão dos grupos organizados e anunciou anteontem o recuo na proposta. O cálculo foi feito pelo consultor legislativo do Senado e especialista em Previdência Pedro Fernando Nery.

A decisão abre um precedente para que outras categorias escapem também do alcance da reforma. A equipe econômica passou o dia tentando minimizar o impacto da mudança para conter uma piora da confiança no ajuste fiscal pelos analistas do mercado, mas, no Congresso, a retirada de outras categorias do funcionalismo público federal já é dada como certa.

Os policiais federais fazem forte pressão e as chances de conseguirem ficar de fora da reforma com apoio dos parlamentares aumentou com a concessão feita pelo Planalto. Juízes e procuradores federais vão brigar para ficarem de fora e há emendas já apresentadas para isso. E os Estados, que enfrentam problemas graves nas suas contas em razão do aumento crescente do déficit da Previdência dos servidores, reclamaram da decisão.

O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, disse na quarta-feira que havia um risco grande de judicialização da proposta. “Não é apenas uma questão de conveniência política ou viabilidade para os governadores, é de autonomia federativa”, afirmou. Segundo o ministro, as regras para a Previdência dos servidores estaduais serão tomadas por Estado.

“O governo tomou a decisão de focar o seu trabalho no que é responsabilidade direta da União, que é o Orçamento federal”, completou. Para os servidores da União, não haverá exceção. Um fonte da equipe econômica disse que o governo “não considera a hipótese de retirar nenhuma categoria federal da proposta”.

Troca
Os dados apresentados pelo consultor do Senado levaram em consideração os militares das Forças Armadas, que também, com muita pressão, conseguiram escapar da reforma antes mesmo de a proposta ser enviada ao Congresso no final do ano passado. Apenas 852,85 mil servidores civis da União (14% do total do funcionalismo público brasileiro) serão afetados pela PEC.

Para o consultor do Senado, o governo está “trocando uma reforma por várias reformas”. Segundo ele, o lobby para a mudança partiu sobretudo dos juízes, promotores e professores. Pelos dados do consultor, dos 5.593 entes federativos (Estados e municípios) do Brasil, 60% (3.382) têm regime próprio de previdência social.

Na avaliação de Nery, não se sabe ainda como o mercado financeiro vai quantificar o impacto da mudança, já que aumentam as chances de o governo federal ter de socorrer os Estados no futuro.

“A gente sabe que no Brasil a União é sempre muito chamada a socorrer os Estados. Não se sabe como o mercado vai precificar esse passivo contingente, que é a possibilidade de no futuro o endividamento aumentar porque ela vai ter que socorrer eventualmente Estados que não conseguirem pactuar novas regras com as suas assembleias”, avaliou.

(Com o Estado de S.Paulo)

GIKA LOPES RELATA SITUAÇÃO DO SEMIÁRIDO EM REUNIÃO CONJUNTA DAS COMISSÕES NA ALBA


O deputado estadual Gika Lopes participou na Sala Luís Cabral da Assembleia Legislativa da Bahia (Alba), da Reunião Conjunta entre as comissões de Agricultura e Política Rural; Meio Ambiente, Seca e Recursos Hídricos e de Infraestrutura  com o objetivo de debater a crise hídrica na Bahia.

O parlamentar que é subcoordenador da Agricultura Familiar na Assembleia Legislativa relatou em discurso comovente a situação do território do sisal, no semiárido baiano, “eu tenho 58 anos, nasci na roça, estoquei pasto, plantei palma, convivo com seca durante todos esses anos, e até hoje não vejo solução para os problemas da seca, as pessoas estão lá (no sertão), tem o seu salário pequeno e não sabe se dão comida para seus animais ou se alimentam suas famílias, melhorou muito com os governos Dilma, Lula, mas, é importante ter mais incentivo do governo federal, estadual e municipal, para garantir assistência técnica, para incentivar a plantação das palmas, construção de aguadas e sistema de abastecimento alternativos”, frisou o deputado Gika Lopes. 

A reunião contou com a presença do secretário estadual de Infraestrutura Hídrica e Saneamento (Sihs), Cássio Peixoto, do secretário de Meio ambiente, Geraldo Reis, do presidente da Embasa, Rogério Cedraz, presidente da Cerb, Marcus Bulhões e da presidenta do INEMA, Márcia Teles, e representando as entediantes civis, Neidson de Quintela Batista, coordenador da Articulação do Semiárido (ASA).

De acordo com o Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema), a Bahia vive a pior crise hídrica dos últimos 100 anos. A seca que atinge o nosso estado está reduzindo o nível dos mananciais utilizados para o abastecimento humano e consequentemente para produção, inclusive em regiões que não eram atingidas nos períodos de estiagem.

 “Nós estamos aqui hoje para buscar soluções para resolver os problemas do povo do semiárido e da Bahia, o governo federal deu maquina a diversos municípios e estão muitas paradas, sucateadas, o povo pedindo uma maquina para limpar seus barreiros, suas aguadas e os municípios sem poderem dar, e o povo não quer de graça não, ainda falam em ajudar com o combustível. A gente vê muita reunião e as ações?”, questionou o parlamentar.

“O povo tá com sede, tá com fome, eu sou roceiro, nasci e cresci na roça, também sei o que é passar dificuldade, é importante tomar uma providencia, não tem carro pipa, o povo está passando necessidade, vamos lá na roça ver o sofrimento do nosso povo, ver o povo perdendo seus animais, tendo que vender a qualquer preço”, relatou o deputado Gika Lopes.

PLANO DE SEGURANÇA HÍDRICA

O governo do Estado apresentou as ações de enfrentamento da crise hídrica na Bahia e citou como uma das medidas emergências a publicação de um decreto contemplando mais de 100 municípios com o intuito de facilitar na captação de projetos e proporcionar agilidade na liberação de recursos; a construção de uma adutora que beneficiará mais 85 mil pessoas nos municípios de Queimadas e Santa Luz, na região do Sisal; perfurações de poços e ampliação dos sistemas simplificados e o destravamento das obras do Projeto Araci Norte em até 30 dias, entre ou outras ações que compõem o plano de segurança hídrica.

MILHO SUBSIDIADO

Outra pauta discutida foi à questão do milho subsidiado pela Conab para ração animal, o programa se encontra parado para essa modalidade, já que não existe uma normativa que garanta tal benefício, principalmente para os agricultores (as) familiares. Uma normativa interministerial direcionou o programa entre 2012 a 2014, com a Conab vendendo milho no valor de até 18 reais (60kg) para os produtores. Atualmente esse milho é vendido a valor de mercado, em torno de 45 reais (60kg), inviabilizando a compra principalmente dos pequenos produtores. Os parlamentares encaminharam através do representante do governo federal a proposta de criação da normativa que visa reativar a venda Balcão de milho subsidiado, garantindo ração animal a preço viável.

Kaio Macedo
Assessoria de Comunicação
Deputado estadual Gika Lopes (PT)

Prefeitura Municipal de Serrinha começa recuperação do Ginásio de Esportes


A Prefeitura Municipal de Serrinha, por meio da Diretoria Geral de Esportes, iniciou esta semana a recuperação do Ginásio de Esportes, atendendo ao apelo da população que há muito tempo vinha sofrendo devido à situação de completo abandono em que se encontrava o local.

A Prefeitura do município e o Diretor Geral de Esportes, José Trabuco, vêm desenvolvendo ações a fim de sanar esses problemas. Para tanto, está sendo feita uma limpeza geral no local, bem como tem sido providenciada a iluminação de todo o prédio.

Trabuco informou que o ginásio receberá toda a manutenção necessária para recepcionar atividades esportivas e atender aos anseios da população serrinhense. Ele ressaltou que, “essas ações são importantes e darão aos serrinhenses frequentadores do local mais comodidade e segurança”.

terça-feira, 21 de março de 2017

Serrinha:Secretária de Educação promete apoio para o esporte


A atual secretária de Educação, Cultura, Esporte e Lazer, Luana Moreira, falou com a redação do Atletas da Serra, sobre o esporte em Serrinha-BA, para o ano de 2017, ela que é Pedagoga, Pós-graduada em gestão pública e cursa administração atualmente, enfrenta o retorno da pasta Cultura Esporte e Lazer, para a Secretaria de Educação.

Ela conta com sua equipe, para gerenciar as áreas que compõe a pasta, no caso do esporte, a secretária tem como diretor, José Trabuco, ex-vereador, no ano anterior, pelo PMB, conseguiu 567 votos, sendo o 20º mais bem votado do município nas eleições 2016.

Luana mostrou-se preocupada com a equivalência do investimento, e buscará apoiar a todos os esportes, tendo em vista o investimento ser sempre maior para o futebol enquanto que muitas outras modalidades esportivas não recebem o mesmos benefícios.

Perguntada sobre o "Viva Serrinha", projeto do governo anterior que por dois anos realizava duas semanas com vários esportes sendo contemplados, culminando com a corrida de rua na data do aniversário da cidade, a Secretária Luana disse: "ainda não paramos com a equipe do esporte para conversar os planos para o ano em curso, dependerá dos recursos que teremos acesso, aguardar as aulas começarem, estamos entrando no período da jornada pedagógica, só depois que passarmos dessa correria com a Secetaria. de Educação que veremos os planos e projetos para o esporte em 2017."

Questionada sobre a seleção Serrinhense de futebol, ela exclamou: "Um sonho... Mas como disse, dependerá de recursos, parceiros ou patrocínios e da reunião que teremos com o gerente de esporte e sua equipe e também com o prefeito Adriano Lima."

Perguntada se em algum momento seria reunido os representantes do esporte na cidade para discutir o esporte, a Secretária Luana Moreira afirmou que deve ser feito um evento onde reunirá representantes do esporte, como também atletas e educadores físicos: "...Não fazemos nada sozinhos... Nosso foco é, o esporte e a cultura em prol da educação." Concluiu. Fonte:Marcos Rodrigues

ELETRIFICAÇÃO RURAL É PAUTA EM AUDIÊNCIA COM O SECRETÁRIO DE INFRAESTRUTURA DA BAHIA


A energia elétrica é, sem dúvida, um direito fundamental social e um dos bens essenciais que atualmente podemos dispor, tornando-se atualmente um dos bens indispensáveis ao homem contemporâneo. Nesse contexto, o deputado estadual Gika Lopes pautou o acesso à energia elétrica em reunião na secretaria de Infraestrutura.

A eletrificação rural fui um dos principais pontos citados pelo parlamentar, que solicitou o fornecimento de energia elétrica para a comunidade de Regalo Dois, em Serrinha e comunidades rurais de Araci, Nordestina e Miguel Calmon. O ex-prefeito de Serrinha, Osni Cardoso, presente na reunião, apresentou demandas de comunidades rurais de Teofilândia e do assentamento Terra Prometida em Nova Soure.

ESTRADAS
O governo do Estado atendendo as indicações e solicitações feitas pelo deputado Gika Lopes, divulgou na última semana, que 200 km de estradas no território do Sisal serão totalmente recuperadas, entretanto, o deputado Gika tem cobrado a recuperação de outras rodovias baianas, como exemplo a estrada de Gandú/Ubirataia passando por Algodões e também a estrada que liga o distrito de Barreiros a BR 324. “Essa é uma importante obra para a nossa região, assim como a reforma da ponte que garante o acesso ao distrito de Barreiros, essa comunidade é um polo de cerâmica, essa obra vai proteger e assegurar a produção e a venda dos produtos” ressaltou Osni Cardoso.

OUTRAS PAUTAS
O deputado Gika também solicitou a recuperação da pavimentação asfáltica e sinalização das vias públicas para o município de Teofilândia. Pavimentação em paralelepípedo para Irara, Santanópolis, Tucano, Itarantim e Jaíba.