Serrinha:Vice prefeito Berg visita fundação de Acolhimento Social

Serrinha:Vice prefeito Berg visita fundação de Acolhimento Social
O forró hoje foi na FAS (Fundação de Acolhimento Social) aqui de Serrinha, é sempre um prazer muito grande ouvir e aprender com os mais velhos! Cuide bem de quem deu a vida por você, beije seus pais, ame seus filhos! A vida é muito curta para ser deixada de lado! Parabéns a todos os responsáveis por esse lindo trabalho e evento! #euamoserrinha #bergdaaragom @ Serrinha, Bahia, Brazil

Serrinha:Final de semana é dia de "tomar uma"na zona rural

Serrinha:Final de semana é dia de "tomar uma"na zona rural

SAÚDE COMEÇA PELOS DENTES!

SAÚDE COMEÇA PELOS DENTES!

Os melhores médicos estão na Cárdio Pulmonar

Os melhores médicos estão na Cárdio Pulmonar
A Otorrinolaringologia é uma especialidade médica, clínica e cirúrgica, responsável pelo diagnóstico e tratamento das doenças do ouvido, nariz e garganta. Marque já sua avaliação. Telefone: (75)3261-0728 Zap: (75)9.9992-5267

SERRINHA:NA CÁRDIO PULMONAR CHEGA VOCÊ FAZ SEU EXAME TODO DIA E MAIS BARATO

SERRINHA:NA CÁRDIO PULMONAR CHEGA VOCÊ FAZ SEU EXAME TODO DIA E MAIS BARATO
Médicos ,dentistas, exames e vacinas bem perto de você ,marque consultas no telefone 75-32610728 ou no zap 75-999925267 Promoção de inauguração com preços acessíveis! Você não precisa mais sair de Serrinha, pra ter serviços e exames médicos especializados, confira os serviços abaixo, tenha o privilégio e conforto de ter "em casa", a mesma qualidade que buscava fora, ajustado aos seus horários e deslocamentos.

Você está ouvindo:Rádio Clube Serrinha.NET

TODAS AS SEXTAS-FEIRAS NA CLUBE SERRINHA.NET VOCÊ CURTE:" NOS TEMPOS DAS DISCOTECAS" AS 20 HORAS

TODAS AS SEXTAS-FEIRAS NA CLUBE SERRINHA.NET VOCÊ CURTE:" NOS TEMPOS DAS DISCOTECAS" AS 20 HORAS
José Ribeiro vai tocar os grande sucessos das DISCOTECAS.Só as melhores pra você.

ATENÇÃO:CID MOREIRA NA CLUBE AS 18 HORAS com o Estudo Bíblico.

ATENÇÃO:CID MOREIRA NA CLUBE AS 18 HORAS com o Estudo Bíblico.
Todas as noites as 18 horas,você tem aqui na Rádio Clube Serrinha.net:Não tem tempo de ler? Ouça a Bíblia Sagrada!

A BIBLIA É A PALAVRA DO DEUS VIVO JEOVÁ.

A BIBLIA É A PALAVRA DO DEUS VIVO JEOVÁ.
DISSE JEOVÁ DEUS:"Ofereça agradecimentos como sacrifício a Deus, E cumpra os seus votos feitos ao Altíssimo; Invoque a mim no dia da aflição. Eu o livrarei, e você me glorificará".Salmos 50:1-23

sábado, 22 de abril de 2017

Atacante do Vitória é vítima de assalto à mão armada

O atacante Pineda, do Vitória, passou por um grande susto na madrugada deste sábado (22). O jogador sofreu um assalto à mão armada na Estrada do Coco, em Camaçari, próximo a Arembepe. De acordo com a Polícia Rodoviária Estadual (PRE), o atleta foi rendido por homens, que o obrigaram a entregar pertences pessoais e o seu carro. Ele estava acompanhado de sua esposa. Procurado pelo Bahia Notícias, a assessoria de imprensa do clube informou que o atleta “está traumatizado”, mas ainda não se sabe se ele participará da partida contra o Conquista, domingo (23), às 16h, no Barradão, pela semifinal do Campeonato Baiano. O chileno, natural de Santiago, desembarcou na Toca do Leão em janeiro deste ano. Seu contrato é válido até 8 de julho.

Em entrevista, Temer descarta risco de perder mandato

O presidente Michel Temer refutou em entrevista à agência de notícias Efe, publicada neste sábado, a possibilidade de perder o mandato no processo que corre na Justiça Eleitoral contra a chapa formada por ele e a ex-presidente Dilma Rousseff.

Ao salientar que todas as doações recebidas por sua campanha foram legais, Temer disse esperar que o caso seja julgado como improcedente e, a menos de dois anos de encerrar o mandato, assinalou que recursos devem prolongar o processo até a decisão final.

“Não sei qual será a decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), mas ela vai demandar recursos, tanto internamente no tribunal como seguramente para o Supremo Tribunal Federal (STF)”, disse o peemedebista. “Ou seja, há ainda um longo percurso processual a percorrer. Então, na pior das hipóteses, se houver, digamos assim, a anulação da chapa, a cassação da chapa, haverá recurso”, acrescentou.

Ele rebateu ainda as declarações dadas na delação premiada do ex-presidente da Odebrecht Marcelo Odebrecht de que todos políticos eleitos a cargo público no Brasil foram financiados com dinheiro de caixa 2. “É uma opinião da Odebrecht. A Odebrecht é que acha que todos os políticos se serviram do caixa 2. Aliás, ao assim se manifestarem, dizem que eles são os produtores do caixa 2”, comentou Temer, que disse conhecer “muitos” políticos que não utilizaram tais métodos.Fonte:Veja

Vigilância Sanitária participa de reunião contra abate clandestino de animais

A Secretária de Saúde, através da Vigilância Sanitária, participou, na última segunda-feira (17), de uma reunião no Frigoserra, onde estiveram presentes o vice-prefeito de Serrinha, Berg da Aragom, Giovanni Antunes de Queiroz, Secretário municipal de Desenvolvimento Econômico e Serviços Públicos, João Carneiro (representante da CDL), dentre outros convidados, a fim de discutirem o abate clandestino e suas consequências.

Durante a reunião foi discutida a questão da origem da carne, e todos os presentes foram alertados sobre a importância de cada vez mais haver uma adequação à lei. A Vigilância Sanitária afirmou que irá intensificar o trabalho de fiscalização com o intuito de coibir, de forma mais incisiva, qualquer indício de abate e comércio ilegal no município.

Entretanto, a ação visa a desenvolver políticas de inclusão, proporcionando aos magarefes maiores informações, esclarecendo-lhes as leis a que estão sujeitos e orientando-os sobre a possibilidade de apreensão da sua mercadoria e multa, a fim de evitar que os seus estabelecimentos sejam interditados e que tenham o Alvará de funcionamento suspenso.

A gerência do frigorífico ressaltou que houve perda de mais de 60 empregos indiretos e o abate caiu cerca de 50%, em decorrência das ações clandestinas. Devido a isso, faz-se necessária uma ação conjunta, que leve todos os magarefes para a legalidade, tendo em vista garantir à população uma carne de melhor qualidade, contribuindo, também, para que o povo confie na mercadoria do magarefe, o que poderá aumentar, significativamente, suas vendas. Desse modo, ao cumprir a lei, todos saem ganhando.Fonte:Lailson Cunha

Gil Dantas:"Existem muitas maneiras de uma mulher ser linda..."

MULHER É BONITA quando acorda de cabelo bagunçado, de pijama com carinha de sono olha pra você mesmo assim e fala bom dia meu amor. MULHER É BONITA quando veste um short, uma camisetinha simples e um chinelo havaianas pra passar o dia ao seu lado. MULHER É BONITA quando você aparece de surpresa e ela ali morrendo de vergonha da blusa horrível de uniforme dela, mesmo assim você a diz você "Ta linda meu amor" MULHER É BONITA quando ta com ciúmes, quando ta nervosa. MULHER É BONITA quando você a surpreende e ela fica toda vermelhinha de vergonha e te abraça e esconde o rosto no seu peito até passa a timidez. Existem muitas maneiras de uma mulher ser linda sem precisar de maquiagem, salto alto e um vestido curto.Texto:Gil Danthas(Facebook)

Polvos de crochê ajudam a acalmar bebês prematuros em Curitiba

A Maternidade Curitiba passou a colocar polvos de crochês nas incubadoras dos recém-nascidos prematuros que estão internados na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Neonatal. A iniciativa surgiu na Dinamarca e, de acordo com relatos médicos, tem efeito positivo na situação clínica dos bebês.
Veja a galeria de fotos.

"É como se a criança pegasse no cordão umbilical, o que faz com que ela se sinta dentro do útero materno. Assim, acaba tendo menos consequências e indo embora mais certo", explica o médico Rubens Kliemann. Para ele, esse tipo de humanização do serviço é muito importante.

"Foi observado que os bebês ficaram mais calmos. Eles conseguiram respirar melhor, tiveram os batimentos cardíacos mais estáveis e puderam se recuperar de uma forma mais tranquila", complementa a coordenadora da UTI Neonatal, Ana Bruna Sales.

Segundo ela, os bebês se sentem muito mais seguros ao lado dos polvos de crochê.

Em Curitiba, é o ateliê da designer gráfica Dani Dalledone que produz voluntariamente os polvos de crochê. Antes de ir para as incubadoras, eles são esterelizados.

"Vi na internet uma reportagem sobre o projeto na Dinamarca. Aí, uma conhecida teve um bebê prematuro em São Paulo e eu pensei que podia ajudar de alguma forma. Então, fiz o primeiro polvinho", relata.

Ela conta que, logo depois, começou a mobilização para implantar a iniciativa em Curitiba. "Estou recrutando todo mundo que conheço para fazer os polvos de crochê. Abri espaço no ateliê para ensinar quem quiser fazer parte do projeto", conta.

Todo o material utilizado pelas crocheteiras veio de doações; a mão-de-obra também é voluntária. Elizabete dos Santos faz parte do projeto e é a responsável por entrar em contato com os hospitais. "O pessoal tem se empolgado muito. Todos os hospitais querem", conta.

Ela relata ainda que a experiência de ter um bebê prematuro na família foi o que a incentivou a participar. "Meu sobrinho nasceu de quase sete meses e ficou na UTI por três meses e meio", lembra. Ainda de acordo com ela, foram dias difíceis.

"Eu me empolguei com o projeto porque vivenciei o dia a dia dele. Com os polvos, os bebês ficam mais calmos, tranquilos, acabam se distraindo", explica.

Assim como em Curitiba, hospitais de outras cidades do Paraná, como Ponta Grossa, nos Campos Gerais do Paraná; Londrina, no norte do estado; e também Guarapuava, na região central, também aderiram aos polvos de crochê.
Quer saber mais notícias do estado? Acesse o G1 Paraná.

Big Brother Brasil 17: Emilly confirma agressão de Marcos em depoimento à polícia, diz site

Emilly Araújo confirmou, em depoimento dado à polícia, ter sofrido agressões por parte de Marcos Harter, durante o confinamento do Big Brother Brasil 17. A declaração foi feita pela delegada titular da Delegacia Especializada no Atendimento a Mulher Jacarepaguá, Viviane Costa, em entrevista ao iG.

Segundo o site, a polícia teve como base o depoimento da vencedora do BBB, as imagens da Rede Globo e o laudo pericial positivo, para constatar a autoria e a materialidade do crime, no qual fica claro que as lesões da vítima foram provocadas por ações intencionais do autor. Após o ocorrido, Marcos foi indiciado no artigo 129, parágrafo 9º, nf art. 5°. Inciso III e 7º, I e II da Lei Maria da Penha.

A delegada encaminhou um relatório com sua investigação para o Ministério Público e agora caberá à promotoria decidir se fará uma denúncia formal de agressão. “Cabe ao Ministério Público apreciar e oferecer ou não a denúncia ao Juizado da Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher”, disse Viviane Costa.

Delatores atrelam Lula ao sítio. Isso basta a outras instâncias?

Arnold Schwarzenegger, ator, político e ex-campeão de fisiculturismo americano, pretende conhecer São Paulo pedalando. Em evento na capital paulista nesta sexta-feira para promover o evento esportivo que leva o seu nome, o Arnold Classic South América, Schwarzenegger contou que a bicicleta deve ajudá-lo a ver um pouco mais da cidade, que não conhecia.

Durante conversa com jornalistas, o ator, que se tornou conhecido ao estrelar a franquia Exterminador do Futuro, afirmou que decidiu trazer o evento esportivo para São Paulo por acreditar que as instalações no Rio de Janeiro, onde foram realizadas as outras quatro edições do Arnold Classic South America, seriam incapazes de comportar as 80.000 pessoas esperadas. A versão paulistana vai ocupar 100.000 metros do Transamerica Expo Center, em Santo Amaro, zona sul da cidade.

Papel do esporte

Nascido na Áustria e naturalizado cidadão dos Estados Unidos, o ex-governador da Califórnia creditou ao fisiculturismo o sucesso de sua carreira. “Acredito nas famílias treinando juntas e no que pode ser uma oportunidade para as crianças”, disse.

Questionando sobre sua rotina de exercícios contou que, aos 70 anos, treina 1h30 por dia. Disse, contudo, que se impressiona com a saúde e a disposição de seu sócio, Jim Lorimer, que estava ao seu lado na coletiva, e que tem 90 anos. “Jim é tão velho que está aqui desde a Última Ceia”, brincou.

Após as entrevistas, o ator posou para algumas fotos e retornou ao hotel onde está hospedado. Durante o final de semana, Schwazenegger vai visitar a feira e acompanhar – como observador – as competições de força e fisiculturismo. O evento em São Paulo espera receber 10.000 atletas de 37 modalidades diferentes.

Nos Jogos Pan-americanos de 2019, o fisiculturismo entrará como modalidade esportiva.

Delatores atrelam Lula ao sítio. Isso basta a outras instâncias?

Que destino as coisas terão na primeira instância, da 13ª Vara Federal de Curitiba, bem, eis aí um segredo de Polichinelo. Vamos ver o que acontece depois. A que me refiro?

Sabem o tal apartamento de Guarujá, que o MP sustenta, ancorado em uma penca de testemunhos, pertencer a Lula? Pois é… A OAS lista o imóvel entre seus bens. E, com efeito, está em nome da empreiteira.

O tal sítio de Atibaia vive circunstância parecida. No papel, os donos são Fernando Bittar e Jonas Suassuna. Um batalhão de testemunhas e depoentes premiados, no entanto, assevera não exatamente que a propriedade pertença a Lula, mas que era a família Lula da Silva, incluindo o próprio, quem dava as cartas por ali.

Como informa o Estadão, nada menos de cinco delatores da Odebrecht deixam claro que assim era. Um deles é ninguém menos do que Emílio Odebrecht, que diz ter abordado, em conversa com o petista, a reforma que a empreiteira fazia na propriedade. O então presidente não teria se mostrado surpreso: “Eu disse: ‘Olhe, chefe, o senhor vai ter uma surpresa e vamos garantir o prazo que nós tínhamos dado no problema lá do sítio’”.

Alexandrino Alencar, que era tido como o grande amigo do ex-presidente no grupo Odebrecht, afirmou que discutiu aspectos da obra com Marisa Letícia: “Ela me falou sobre um sítio e me perguntou se a companhia poderia ajudá-los a finalizar obras e reformas que estariam atrasadas, porque a equipe que fazia o trabalho estava com desempenho medíocre”. O engenheiro Emyr Diniz Costa Júnior afirmou ter comprado até um cofre para abrigar dinheiro vivo, que era usado na reforma.

Marcelo Odebrecht e o ex-diretor da empresa em São Paulo Carlos Armando Paschoal também tratam da obra no sítio, ligando-o a Lula.

Pois é
Nos casos do apartamento e do sítio, Lula é réu por corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Os benefícios teriam sido concedidos por OAS e Odebrecht em razão dos favores que o presidente prestaria às duas empreiteiras. Emílio entregou como evidência, por exemplo, uma espécie de agenda que lista o tema “Obras/sítio” como pauta da conversa que manteve com o então presidente da República no Palácio do Planalto. A lavagem de ativos decorreria do crime antecedente: a corrupção passiva. E só esses dois processos, com essas imputações, já podem dar uma dor de cabeça imensa a Lula. Se condenado em segunda instância nos dois processos, com duas imputações em cada um, dificilmente escaparia da prisão em regime fechado. É certo que as penas somariam mais de oito anos.

Corrupção passiva pode render pena de 2 a 12 anos, com risco de aumento de um terço da pena se ficar caracterizado ato de ofício. A lavagem rende reclusão de 3 a 10 anos. Só para fazer uma conta: se condenado à pena mínima em ambos pelas duas imputações em cada um, o conjunto já soma 10 anos. Ainda que se queira debater alguma forma de unificação das penas, o resultado continuaria desastroso.

Ocorre que…
Dá-se como certa, sem que se saiba ainda se a expectativa procede ou não, que Sergio Moro condenará Lula nos dois processos. A questão é saber se o TRF4 confirmaria, nessa hipótese, as condenações caso documentos oficiais, a despeito dos testemunhos, continuem a asseverar que o apartamento pertence a OAS, e o sítio, à dupla Bittar-Suassuna.

Se isso acontecer, haverá recurso à última instância. Um tribunal superior confirmaria uma sentença baseada em testemunhos, delações e em um conjunto de circunstâncias, mas não numa evidência material, fática?

Se Moro absolver Lula, tudo acaba depressa nesses dois processos. Há os outros. Tudo indica, no entanto, que a coisa vai longe, lembrando sempre que a confirmação de uma condenação pelo TRF, se antes das eleições de 2018, já tornaria o petista inelegível segundo dispõe a Lei da Ficha Limpa.

Mas não se enganem: a condenação em última instância, dado o que se tem até agora nesses dois casos, está longe de ser favas contadas.

NET vai vender pay per view do depoimento de Lula a Moro

A NET começou a vender o pacote de pay per view do depoimento do ex-presidente Lula ao juiz Sérgio Moro, que acontecerá no próximo dia 3 de maio. Para dar mais emoção, a operadora já contratou o apresentador de UFC Bruce Buffer que, antes do depoimento, aparecerá dizendo o seu bordão "Iiiiiiiiit's time!".

O interesse no produto vem crescendo muito nos últimos dias, principalmente depois dos depoimentos da Odebrecht e da OAS. "Se apenas 10% de todos os amigos de Lula assinarem o pacote esse já será o maior sucesso da história do entretenimento mundial", estimou um dos executivos da empresa.Fonte:Veja

Exército foi sondado para decretar estado de defesa, diz general

O comandante do Exército, general Eduardo Villas Bôas, revela em entrevista a VEJA que a instituição foi sondada e rechaçou a hipótese de apoiar a decretação de estado de defesa nos dias tensos que antecederam o impeachment de Dilma.

Villas Bôas não diz quais foram os políticos que fizeram a consulta, mas reconhece que as Forças Armadas ficaram “alarmadas” com a perspectiva de serem empregadas para “conter as manifestações que ocorriam contra o governo”.

 “Nós temos uma assessoria parlamentar no Congresso que defende nossos interesses, nossos projetos. Esse nosso pessoal foi sondado por políticos de esquerda sobre como nós receberíamos uma decretação do estado de defesa”, afirmou Villas Bôas.

Na entrevista a VEJA, o comandante do Exército também manifesta também preocupação com o “perigo” de surgir no país líderes populistas com discursos “politicamente incorretíssimos, mas que correspondem ao inconformismo das pessoas”.

Meirelles diz que reforma ‘está bem encaminhada’ e minimiza adiamento

O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, afirmou que “não serão uma ou duas semanas que farão diferença para a aprovação da reforma da Previdência“, pelo Congresso, pois o “importante é que seja aprovada.” O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ) disse nesta sexta-feira, 21, em Foz do Iguaçu, que se não for possível a votação no plenário da Casa no dia 8 de maio, poderá ocorrer no dia 15 de maio.

O ministro da Fazenda ressaltou que a proposta da reforma da Previdência Social “está bem encaminhada” no Congresso, onde espera que será aprovada até o final de junho. Contudo, o ministro manifestou em Washington que, caso ocorra algum adiamento e fosse aceita de forma definitiva pelos parlamentares em agosto, não seriam gerados problemas para a correção das contas públicas no longo prazo.

Para ele, no entanto, o impacto maior poderia ocorrer sobre expectativas de investidores, com efeito em preços de ativos financeiros.

Meirelles afirmou também que “a grande maioria de investidores acredita que a reforma da Previdência Social será aprovada” pelo Congresso. “A velocidade de reformas no Brasil é admirada por interlocutores com quem encontrei em Washington”.

“Há uma melhora de percepção internacional sobre o Brasil que ocorre desde meados de 2016”, disse. Segundo o ministro, “há uma recepção muito boa de investidores em relação ao Brasil” nos encontros que realizou nos EUA, que fazem perguntas pontuais sobre o tema, como o cronograma para a aprovação da reforma da Previdência pelo Congresso.

O ministro ponderou que o ingresso de capitais no Brasil “está forte e constante”, com redução de prêmios de risco em relação a ativos financeiros do País. “O fluxo de investimentos pode consolidar-se com a aprovação da reforma da Previdência”, afirmou. “Há interesse muito grande de investidores por projetos em infraestrutura”, concluiu.

(Com Estadão Conteúdo)

sexta-feira, 21 de abril de 2017

Baleia Azul: conselhos tutelares começam a acompanhar casos em Feira de Santana

Diretores de escolas em Feira de Santana estão buscando apoio dos conselhos tutelares para acompanhar casos de crianças e principalmente adolescentes que estão sendo incentivados a cumprir as 50 etapas do jogo Baleia Azul.

Um caso do jogo foi comunicado ao Conselho Tutelar II pela diretora de uma escola da rede municipal de ensino. Uma garota de 15 anos, ao cumprir uma das primeiras etapas do jogo, chegou a se cortar em um dos braços usando uma lâmina de aço. Integrante do conselho tutelar II, Antonio Costa Cordeiro, explicou ao Acorda Cidade como foi o atendimento desta menina.

“A diretora da escola entrou em contato com o Conselho Tutelar, que foi saber a realidade da situação. A adolescente tentou omitir as informações, mas confessou para a diretora da escola que realmente está participando do jogo a ponto de comprar um estilete para ferir o próprio braço, desenhando o formato de uma baleia”, contou.

Antonio Costa relata que a jovem contou para a diretora da escola que foi convidada por uma colega para entrar no jogo, através de um grupo em uma rede social, onde eram deliberadas tarefas para que ela começasse a se riscar e postar fotos. Segundo ele, uma das instruções do jogo pede que o jovem passe dias e mais dias sem se comunicar, principalmente com os familiares.

“Então as famílias, as escolas, as pessoas que tem entendimento sobre essa situação, realmente tem que denunciar. Esse caso é de investigação policial e a melhor coisa a ser feita é os pais observarem bem seus filhos”, destacou em entrevista ao Acorda Cidade.

Segundo ele, o caso dessa jovem de Feira de Santana está sendo investigado e foi encaminhado para o Creas para que profissionais, como psicólogos, assistentes sociais e pessoas com um bom preparo, consigam tirar mais informações e encaminhar o caso para a polícia.

Antonio afirma que o relato da escola é de que essa adolescente já vinha, desde o ano passado, um pouco distante dos colegas e da situação escolar. Segundo ele, a mãe não sabia de nada e os familiares foram os últimos a saber da situação.

O membro do Conselho Tutelar afirmou que esse jogo é uma novidade e que os profissionais pesquisaram nas redes sociais e descobriram que o jogo determina o cumprimento de 50 etapas e que no final o jovem deve cometer suicídio.

“Essas pessoas estão sendo vítimas dessa situação, onde elas entram em um grupo e tem alguém que alimenta essas crianças e adolescentes, fragilizados psicologicamente, e que acabam cedendo a esse jogo”, afirmou.

Vereador Rogério da Cerâmica solicita revitalização do Açude Gravatá e iluminação de canteiro na Av. Manoel Novaes

O Presidente da Câmara Municipal de Serrinha, Vereador Radson Rogério, deu entrada a dois requerimentos na pauta da sessão da Câmara de Vereadores de Serrinha, apresentando ao poder executivo duas indicações que trarão benefícios relevantes à população serrinhense, sobretudo aos moradores da região do Açude Gravatá e dos que moram nas proximidades do canteiro central da Avenida Manoel Novaes.

A primeira indicação solicita ao líder do poder executivo municipal, o Prefeito Adriano Lima, a revitalização do Açude Gravatá, local que já foi considerado como um ponto turístico do município e que há anos vinha sendo abandonado, o que tem levado o açude e a população daquela localidade a sofrerem grandes transtornos ultimamente.

O objetivo da solicitação é dar uma finalidade útil àquela localidade, que pode voltar a ser considerada uma área de lazer para a população serrinhense. Portanto, a revitalização do Gravatá consistirá numa ação que atenderá não somente a questões de saúde, mas também de lazer para o município.

A segunda indicação diz respeito à necessidade de iluminação do canteiro central situado na Avenida Manoel Novaes. Tal solicitação atenderá a necessidades voltadas à obtenção de maior sensação de segurança no local, bem como ao embelezamento daquela região do nosso município, contribuindo para uma Serrinha ainda mais organizada.

Logo, ambas as indicações servirão para o bem-estar da população serrinhense em aspectos relacionados à saúde, segurança e lazer, atendendo aos interesses e direitos da população também nessas áreas.Fonte:Blog Fernando Lima.Foto-Nos Bastidores da Cidade

Deputado Gika Lopes quer Semana Santa como patrimônio Imaterial do Estado



O deputado Gika Lopes celebra desde criança os ritos litúrgicos da tradição religiosa passada por gerações que celebra a Paixão, a Morte e a ressurreição de Jesus Cristo. “Minha família sempre foi praticante na igreja, foi com meus pais que aprendi que a fé em Deus e o amor ao próximo são as únicas fontes da verdadeira riqueza” afirma o parlamentar.

O ponto alto da Semana Santa em Serrinha é na quinta-feira santa, a partir das 19h a Igreja celebra a ceia do Senhor em alusão à última ceia entre Jesus Cristo e os 12 discípulos, antes da crucificação. Depois, acontece a missa do lava pés no interior da Catedral Nossa Senhora Santana que fica repleta de devotos, reunidos em oração.

No mesmo ano em que a Semana Santa de Serrinha celebra 87 anos de tradição, a Procissão do Fogaréu poderá ser reconhecida como Patrimônio Imaterial do Estado, o Instituto do Patrimônio Artístico Cultural da Bahia (IPAC), que esteve no ano de 2014 presenciando as celebrações para a elaboração do Plano de Salvaguarda da Procissão do Fogaréu, divulgou no Diário Oficial, uma notificação pública indicando que estão terminados os estudos e os dossiês que serão submetidos ao Conselho de Cultura do Estado da Bahia, salvaguardando a Procissão como Patrimônio Imaterial do Estado.

VIA-SACRA AO MONTE GUARANI

Outra tradição bastante esperada pelos serrinhenses e turistas é a subida ao monte Guarani para a Via-sacra, na sexta-feira Santa, às 06 da manhã, milhares de fies sobem ao Monte em penitência, ao chegar ao alto, de onde se tem a vista de toda a cidade, está o Cruzeiro, onde os fiéis acendem velas e fazem suas orações.

Petrobras anuncia aumento nos preços da gasolina e do diesel

A Petrobras anunciou nesta quinta-feira (20) o aumento do preço do diesel e da gasolina nas refinarias. Os novos valores começam a ser aplicados já a partir desta sexta (21). Segundo a petroleira, o reajuste no preço da gasolina será de 2,2%, enquanto o valor do diesel subirá 4,3%.

A estatal estima que, nas bombas, a alta do diesel pode ser de 2,9% (R$ 0,09 por litro) e, no caso da gasolina, de 1,2% (R$ 0,04), em média. Os preços, porém, são livres e o repasse dependerá de políticas comerciais de cada distribuidora e revendedor de combustíveis.

“A decisão é explicada principalmente pela elevação dos preços dos derivados nos mercados internacionais desde a última decisão de preço, que mais que compensou a valorização do real frente ao dólar, e por ajustes na competitividade da Petrobras no mercado interno. É preciso destacar ainda que o comportamento dos preços de derivados foi marcado por volatilidade nos mercados internacionais em resposta a evento geopolítico, como o ocorrido na Síria”, justificou a Petrobras, em comunicado à imprensa.

Victor Chaves fala a rádio sobre indiciamento por agressão

Indiciado após agredir sua mulher, Poliana Bagatini Chaves, grávida do segundo filho do casal, e com um show cancelado recentemente por causa do episódio, o sertanejo Victor Chaves usou uma entrevista à rádio Gaúcha, nesta quarta-feira, para se defender. “Nunca bati em ninguém”, voltou a dizer. “Não prejudiquei uma pessoa fisicamente.” Segundo Victor, ele foi indiciado porque é o rumo natural das coisas, uma vez que Poliana foi à polícia denunciá-lo. “O problema é que ela cometeu um ato… de me acusar. Eu agora preciso me defender.”

Quando os locutores perguntaram se o cantor se importava de comentar o caso, ele jogou a responsabilidade sobre a mulher. “Não é ruim falar disso. Quem está envolvido é a minha esposa, mãe dos meus filhos”, disse. Questionado sobre os rumores de divórcio que ganharam força após Poliana apagar todas as fotos do seu perfil do Instagram, incluindo uma que mostrava uma carta em que ela dizia que o marido nunca a machucaria, o sertanejo afirmou: “Não falo se ainda estamos juntos, é minha vida particular”.

O sertanejo criticou as reações ao caso. “As pessoas julgam sem buscar nenhuma informação”, afirmou em certo momento. Em outro, falou na “comoção ignorante das pessoas”.

O lado positivo do episódio, segundo ele, foi ter se reaproximado do irmão, Léo, sua dupla no mundo sertanejo. “Apesar de ser mais novo, ele que me deu força.”

Surge a chance da preventiva de Lula, como exige torcida de Moro

Sim, meu caros, agora sim! Dadas as escolhas do juiz Sergio Moro e o modo como ele entende e aplica os fundamentos do direito, surgiu a possibilidade de ele decretar a prisão preventiva de Lula, uma reivindicação conhecida de seus — do juiz —  admiradores. Léo Pinheiro, ex-presidente da OAS e tido como um dos amigões de Lula entre os empreiteiros, fez até agora a mais grave acusação contra ele. Já chego ao ponto. Antes, algumas considerações.

Escrevi um post hoje de manhã afirmando que Lula havia se encalacrado um pouco mais na história do sítio. Cinco delatores da Odebrecht asseguraram: era a família Lula da Silva quem cuidava da coisa. Notei, no texto, que documentos de fé pública dão conta de que o apartamento de Guarujá pertence à OAS e de que o sítio de Atibaia é propriedade de dois sócios de Lulinha, filho do ex-presidente. Quase ninguém acredita nisso. Nem eu.

E afirmei o que sabe qualquer operador do direito, que tenha um mínimo de compromisso com a verdade: apenas testemunhos e circunstâncias não seriam suficientes para manter uma condenação num tribunal superior — STJ ou STF a depender do andamento. Será preciso que o MPF produza outras provas.

Muito bem! Um desses sites obcecados por mim — no caso, é de extrema direita; há os de esquerda — resolveu me atribuir uma torcida. Eu estaria dizendo, vejam que espetáculo!, que Lula “deve” ser absolvido justamente por ter lavado bens, oriundos da corrupção… Santo Deus! E aquele tipo de bobagem que nem errada consegue ser…

Não! Eu estava dizendo, e estou, ancorado no direito, que a prova de que Lula é dono dos imóveis terá de ser apresentada. Pode ser condenado em primeira instância; pode ser em segunda, mas não costuma bastar a um tribunal superior. Os senhores procuradores sabem disso.

A coisa ficou feia
Assim, ainda que a afirmação de Léo Pinheiro de que Lula era mesmo o proprietário possa fazer um mal imenso à sua reputação, do ponto de vista do direito, é um testemunho a mais. A prova provada, reitero, terá de ser produzida. A coisa grave do dia não está aí.

O risco da decretação da prisão preventiva está na afirmação de Léo Pinheiro, segundo quem Lula o teria orientado a destruir as provas de que a empreiteira pagava propina para o PT.

Não se esqueçam do bilhete que deu a Moro, e a outros tribunais, a justificativa para manter a prisão preventiva de Marcelo Odebrecht: “Destruir e-mail sondas”. Os defensores do empreiteiro ainda tentaram argumentar que a mensagem fora passada a um policial para que este entregasse aos advogados, que o acusado sabia que as mensagens passavam por um filtro e que, pois, não haveria lá a orientação para destruir provas; o empreiteiro estaria falando de outra coisa. Ninguém acreditou.

Com o que seria, no direito, o correspondente à licença poética na literatura, Moro pode entender que estão dados os motivos para a preventiva de Lula? Pode! A destruição de provas caracteriza “ameaça à ordem pública” e prejuízo “à instrução criminal”, dois requisitos para a decretação da prisão cautelar.

Mais: se pediu para destruir provas de casos que estão em curso, por que não estaria ainda empenhado em tal prática?

“Ah, mas Léo Pinheiro não precisa apresentar provas de que isso aconteceu?” Nessa fase, não! Basta que o juiz, com base nas circunstâncias e nos dados de que dispõe até agora, esteja convencido da necessidade. Afinal, existem as outras instâncias, não?

O passado
Léo Pinheiro já tinha dado início à sua delação premiada, vocês se lembram. Foi anulada por Rodrigo Janot. Ninguém sabe, até agora, por quê. Outra está em curso.

Cristiano Zanin, advogado de Lula, diz que Pinheiro está mentindo e faz tais afirmações só para ter aceita a sua delação premiada. Afinal, ele está condenado a imodestos 26 anos de cadeia. Os que fizeram delação arcam, no máximo, com uns três. Seria uma troca e tanto!

Moro em um impasse
De certo modo, Sergio Moro também está num impasse. A pressão de seu imenso público para que mande prender Lula é grande. Por outro lado, sabe que existe o risco de a decisão ser revista em instância superior — talvez não no TRF4 — o que não seria, certamente, positivo para a narrativa que a Lava Jato vem construindo.

Está claro?

Síntese das sínteses? Pois não!

1: Nos dois casos em tela, apartamento e sítio, o MPF ainda tem de produzir a prova inequívoca. A minha convicção? É tudo dos Lula da Silva. Mas nem a minha convicção nem a de outros sites e blogs quaisquer condenam ou absolvem pessoas.

2: Moro tem em mãos um trunfo que, segundo os critérios que seguiu em outros casos, lhe permite decretar a prisão preventiva de Luiz Inácio Lula da Silva.

A questão agora é saber se ele terá essa coragem e se aceita correr o risco de ter a sua decisão revista.Fonte:Reinaldo Azevedo

Tríplex, destruição de provas e propina: o que disse Léo Pinheiro

O ex-presidente da OAS Léo Pinheiro, condenado pelo juiz Sergio Moro na Operação Lava-Jato, escancarou pela primeira vez  a troca de favores, o pagamento de benesses e os detalhes da conta clandestina que abastecia o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O depoimento desta quinta-feira complica ainda mais a vida do petista e faz crescer as apostas sobre a possibilidade de prisão de Lula, atualmente réu em cinco processos da Operação Lava-Jato.

Confira abaixo os principais pontos do interrogatório do empreiteiro, conduzido pelo juiz Sergio Moro:

“O apartamento era do Lula”
Léo Pinheiro confirmou aquilo que o ex-presidente sempre tentou negar: o petista é, sim, dono do tríplex no Guarujá (SP). “O apartamento era do presidente Lula desde o dia que me passaram para estudar os empreendimentos da Bancoop [cooperativa habitacional dos bancários]. Já foi me dito que era do presidente Lula e de sua família. Que eu não comercializasse”

Reforma do tríplex foi abatida de conta da propina do PT
O executivo revelou a existência de uma conta mantida entre o partido e a empreiteira: “O Vaccari me retornou, dizendo que estava tudo ok, que poderíamos adotar o sistema de encontro de contas entre créditos e débitos que nós tínhamos com ele (…) no tríplex, no sítio e nos outros empreendimentos. A soma total disso me parece que era em torno de 15 milhões de reais”, disse Léo Pinheiro.

Dinheiro saiu de desvios na Petrobras
Léo Pinheiro afirmou que os gastos da OAS com o tríplex do Guarujá saíram de uma “contabilidade informal” da empreiteira – e que as despesas eram abatidas dos saldos de propina da Petrobras que o PT mantinha junto à OAS. “(Havia) uma contabilidade informal no que diz respeito a despesas efetuadas no tríplex que eram lançadas no empreendimento Solaris (o condomínio onde está o apartamento reservado para Lula) e, na verdade, essas despesas eram parte do encontro de contas de pagamento de propina na Petrobras”, disse Pinheiro.

Lula pediu para destruir provas que pudessem incriminá-lo
Ao juiz Sergio Moro, o empreiteiro relatou um diálogo que manteve com o ex-presidente Lula já no curso das investigações da Lava-Jato. Preocupado, o petista quis saber se havia registros de algum “encontro de contas” entre ele e João Vaccari, ex-tesoureiro do PT. E foi enfático: “ Se tiver, destrua”.

Lula e Dona Marisa comandaram reforma do tríplex
Segundo o empreiteiro, mudanças no projeto original do tríplex foram feitas por ordem do ex-presidente Lula e da ex-primeira-dama Marisa Letícia. Léo Pinheiro descreveu encontros com o casal – o último foi no apartamento de Lula, no ABC Paulista. “O presidente e a dona Marisa estiveram no tríplex em fevereiro de 2014, pouco tempo depois eu fui ao sítio [de Atibaia, também alvo da Lava-Jato por ter sido reformado pelas empreiteiras]. Me encontrei com ele e ele já estava no sítio. A aprovação [do projeto] foi posterior. Eu me encontrei com ele e me parece que foi no apartamento do presidente em São Bernardo do Campo”, disse Léo Pinheiro. “Todas as modificações ocorreram. A solicitação (se deu) no dia que eu fui com o presidente e a ex-primeira-dama no tríplex. Isso foi fruto da nossa visita.” Ele conta que, feitas as alterações no projeto, dona Marisa ainda pediu uma outra modificação: que a sauna fosse convertida em um depósito.

O “Brahma”
“A explicação que me foi dada na época é que já estava acordado entre o João Vaccari e o presidente que ele (Lula) ficaria com o tríplex’, disse Léo Pinheiro. Ele disse mais: “A orientação que foi dada nesse caso do tríplex, as despesas eram lançadas no empreendimento Solaris. Mas tinha que ter um centro de custo, por isso o nome Zeca Pagodinho, que se refere ao apelido que se tinha do presidente que a gente tem nas mensagens, de Brahma. Então, o Zeca Pagodinho fazia a propaganda da Brahma. Sítio é o sítio de Atibaia. Praia é o apartamento do Guarujá”.

OAS foi instada a assumir obras de prédio no Guarujá
“Quando ele [João Vaccari] me mostrou os dois prédios do Guarujá, eu fiz uma ressalva a ele que a empresa só atuaria em grandes capitais. Os nossos alvos eram Salvador, Rio de Janeiro, São Paulo, Brasília e Porto Alegre. Falei que não tinha interesse. Ele me disse: ‘Aqui temos uma coisa diferente. Existe um empreendimento que pertence à família do presidente Lula. Diante do seu relacionamento com o presidente, o relacionamento da empresa, nós estamos lhe convidando para participar disso e por causa do grau de confiança que nós depositamos na sua empresa e na sua pessoa.”

 Braço-direito de Lula pediu favor milionário
Foi Paulo Okamotto, segundo Léo Pinheiro, quem pediu que fosse contratada a empresa Granero para guardar o acervo presidencial que Lula levou de Brasília para São Paulo quando deixou o Palácio do Planalto. Okamotto, braço-direito de Lula há décadas, é hoje o presidente do instituto mantido pelo ex-presidente. Só com esse favor a Lula, Léo Pinheiro gastou 1,2 milhão de reais – valor que o empreiteiro disse ter tirado do próprio bolso.

A tentativa da defesa de Lula de desqualificar o ex-amigo empreiteiro
Se até pouco tempo Lula e Pinheiro eram diletos amigos, agora a relação azedou de vez. No interrogatório do empreiteiro, os advogados do ex-presidente partiram para o ataque contra o ex-amigo do petista. Um dos defensores de Lula, Cristiano Zanin Martins quis saber de Pinheiro por que ele está contando só agora o que nunca falou em outros depoimentos prestados à Lava-Jato. A estratégia era clara: insinuar que o empreiteiro só resolveu acusar Lula agora porque recebeu a promessa do Ministério Público de ter a pena reduzida – Pinheiro admitiu que está negociando um acordo de delação premiada com os investigadores. O ex-presidente da OAS reagiu: disse que não está mudando versão e que, nos depoimentos anteriores, apenas optou por ficar em silêncio. “Eu não respondi, eu fiquei em silêncio.”

Mais um embate com Moro
Ante a insistência dos advogados de Lula para que Léo Pinheiro admitisse que resolveu falar em troca da redução de pena, Moro interferiu. Disse que, em um interrogatório anterior, Léo Pinheiro foi indagado sobre outros temas – e que nunca havia sido perguntado sobre o tríplex. “Ele está fazendo agora uma afirmação que não fez (antes)”, queixou-se Cristiano Zanin. “Acho que o senhor não leu então o interrogatório (anterior) dele”, rebateu o juiz. Cristiano Zanin reagiu: “A afirmação de vossa excelência não me parece compatível com a educação que deve zelar, ou que deve ser mantida, entre aqueles que estão participando de uma audiência”. Qual é a contradição desse depoimento (anterior) com o que ele está prestando agora?”, insistiu o magistrado. O advogado, mais uma vez, estrilou. “O senhor vai me interrogar agora?”, perguntou. “Acho que o doutor está equivocado”, afirmou Moro, encerrando o embate.

quarta-feira, 19 de abril de 2017

Maia confirma idade mínima de aposentadoria para policiais em 55 anos

O deputado Arthur Maia (PPS-BA), relator da reforma da Previdência na Câmara, confirmou nesta quarta-feira (19) mais uma mudança no projeto do Executivo. Policiais federais, rodoviários federais e ferroviário federais poderão se aposentar com pelo menos 55 anos. Maia já havia reduzido a idade mínima das categorias de policiais federais para 60 anos, com 25 anos de contribuição e 20 anos em "atividade de risco na respectiva categoria".

 O texto original previa idade mínima de 65 anos para homens e mulheres poderem se aposentar. De acordo com o G1, a ideia é vincular a essa mudança os policiais militares e integrantes das Forças Armadas.

O governo prometeu enviar em meio a proposta de reforma da Previdência dos militares. "Concordamos com esse pleito para que tenhamos uma equivalência entre policiais para que tenhamos equivalência entre militares e policiais sobre quando virá o tempo nas regras permanentes de aposentadoria", explicou Maia. O relatório deverá ser apresentado na comissão especial da Câmara ainda nesta quarta.

Festival cancela show de Victor e Leo após ‘reações públicas’

A organização da Feira Nacional do Doce (Fenadoce), anunciou, nesta terça-feira, o cancelamento do show da dupla sertaneja Victor e Leo que aconteceria durante o evento, em Pelotas (RS), em 14 de junho. Em sua página no Facebook, a feira afirma que, “sensível às reações públicas, comunica que o show de Victor e Leo, marcado para o dia 14 de junho, foi cancelado”. Victor Chaves é acusado de agredir sua mulher, Poliana Bagatini Chaves, que está grávida do segundo filho do casal.

No Facebook, parte do público comemorou a decisão da Fenadoce. “Super respeito pela Fenadoce, que soube ouvir e respeitar! Obrigada!”, escreveu uma pessoa. “Parabéns a esse grande evento pela iniciativa e sensibilidade com a situação. Vocês nunca decepcionam!”, disse outra.

Em 24 de fevereiro, Poliana relatou à Polícia Civil de Belo Horizonte ter sido jogada no chão pelo companheiro, que teria desferido diversos chutes contra ela. Ao tentar sair do apartamento, a moça teria sido impedida por um segurança e pela irmã do cantor. Dias depois, a empresária postou em seu Instagram carta assinada por ela em que afirmava que o marido nunca a machucaria.

No entanto, no último dia 4, a Polícia Civil de Minas Gerais anunciou que havia decidido pelo indiciamento de Victor, com base em imagens de câmera de segurança do prédio onde mora o casal. Nas imagens, ele apareceria empurrando a mulher. Victor a princípio negou todas as acusações. Contudo, ao ser indiciado, o cantor publicou um vídeo em seu Instagram em que justificava o empurrão como um “ato de desespero para conter a mulher”, que estaria descontrolada. No dia 10, o Tribunal de Justiça de Minas Gerais acatou a denúncia do Ministério Público Estadual mineiro e tornou réu o sertanejo.

Conheça os benefícios do sexo para a saúde

O sexo, além do prazer e da reprodução, está frequentemente associado a problemas de saúde pública como doenças sexualmente transmissíveis (DSTs) e gestações inesperadas. Mas, a prática – desde que com proteção- também traz benefícios, tanto para a saúde física quanto mental.

Uma uma pesquisa publicada recentemente pelo Journal of Management mostrou que funcionários casados que priorizam as relações sexuais têm melhor desempenho no trabalho. Outro estudo, publicado no periódico científico Journal of Health and Social Behavior, associou a prática sexual rotineira a uma redução no risco de hipertensão em mulheres da terceira idade. Agora, o site britânico The Daily Mail elencou mais dez motivos para você “ficar íntimo” com mais frequência que vão desde o aumento do bem-estar até proteção do sistema imunológico.

Fortalecimento da imunidade

Fazer sexo uma ou duas vezes por semana aumenta o nível de anticorpos – proteínas usadas pelo sistema imunológico para proteger o organismo contra gripes e resfriados – em 30%, de acordo com um estudo da Universidade Wilkes, na Pensilvânia, Estados Unidos. Acredita-se que esse benefício esteja associado ao fato de pessoas sexualmente ativas estarem mais expostas à vírus e bactérias, o que resulta em uma maior liberação dessas substâncias.

Embora todo tipo de sexo tenha impacto sobre o fluxo de sangue no corpo, especialistas explicam que a experiência sexual no popularizada pela trilogia Cinquenta Tons de Cinza, mais conhecida como BDSM (bondage, disciplina, submissão e sadomasoq pode ser mais impactante no que diz respeito ao fortalecimento da imunidade. “A pele é o maior órgão do corpo, com milhões de receptores logo abaixo da superfície. Quando alguém toca a nossa pele através de massagens, brincadeiras, abraços, mãos ou ter sexo físico, começamos a experimentar a cura fisiológica e física.”, disse Sandra LaMorgese, especialista em sexo, ao site especializado Medical Daily.

Melhor saúde cardiovascular

A atividade sexual contribui para o aumento da frequência cardíaca, que atinge seu pico durante o orgasmo. Homens na faixa dos 50 anos de idade, que fazem sexo ao menos duas vezes por semana, correm um risco 45% menor de problemas cardíacos, segundo um estudo da Instituto de Pesquisa New England, em Massachussts, EUA.

Redução da pressão sanguínea

Um estudo feito pela Universidade Estadual do Michigan, nos Estados Unidos, descobriu que mulheres com idade entre 57 e 85 anos com uma vida sexual ativa eram menos propensas a ter pressão alta. A hipertensão é um fator de risco para infarto e derrame.

Analgésico natural

Pessoas que sofrem com enxaqueca relataram uma redução de 60% na dor de cabeça após fazerem sexo, de acordo com um estudo a Universidade de Munster, na Alemanha. Dor de Cabeça em Salvas, caracterizada por uma dor excruciante em um dos lados da face, apresentaram uma melhora de 37% nas pessoas. Esse efeito seria causado pela liberação do hormônio do bem-estar, como a endorfina, durante o sexo, também associado ao alívio da dor.

Redução do risco de câncer de próstata

Homens que ejaculam pelo menos 21 vezes por mês correm um risco três vezes menor de desenvolver câncer de próstata, em comparação com aqueles que só “se liberam” de cinco a sete vezes, de acordo com uma pesquisa do Instituto Nacional do Câncer em Maryland, nos Estados Unidos.

Uma possível explicação para essa associação é que a ejaculação frequente pode ajudar a próstata a “limpar” o órgão de substâncias que causam câncer ou impedir o desenvolvimento de depósitos de cálcio, fator de risco para esse tipo de tumor.

Um sono restaurador

O sexo libera um coquetel de substâncias químicas no cérebro, incluindo ocitocina e prolactina. A combinação desses hormônios está associada ao relaxamento, o que ajuda a pegar no sono.

Redução do stress

Pesquisadores da Universidade de Paisley, na Escócia, descobriram que pessoas que fizeram sexo recentemente tinham menor pressão sanguínea enquanto falavam em público, em comparação com aqueles que não tiveram relação sexual na noite anterior. Os autores acreditam que a liberação da ocitocina durante o sexo tenham esse efeito calmante no corpo.

Diversos estudos mostraram também redução dos níveis de stress em casais engajados em sexo BDSM. Uma pesquisa de 2009 descobriu que tanto o dominador quanto o submisso tinham menores níveis de cortisol – também chamado de hormônio do stress – após realizarem a atividade. Além do stress, esse hormônio é responsável pela regulação de diversos elementos em nosso corpo, como os níveis de açúcar no sangue, a resposta imunológicas e até mesmo a inflamação.

Outro estudo realizado pela Universidade do Norte de Illinois, nos Estados Unidos com sete casais que realizaram sexo BDSM mostrou que, após a prática, todos os participantes relataram melhora no humor, apresentaram menores níveis de stress e pontuaram mais na escala de concentração plena. Felizmente, os autores ressaltam que, desde que seja alcançado um estado de atenção plena (mindfulness, no termo em inglês) na prática, esses benefícios podem ser alcançados com outros tipos de sexo também.

“A atenção consciente que as pessoas dão uns aos outros no contexto do BDSM tem aplicações em outros tipos de interações sexuais. Se as pessoas estiverem realmente focadas umas nas outras e na experiência positiva de seu parceiro, poderemos ver efeitos semelhantes.”, escreveram os autores.

Um estudo realizado com 500 casais mostrou que um fator que influencia na média de duração de uma relação sexual é a idade do parceiro: homens de 18 a 30 anos tiveram, em média, penetrações de 6,5 minutos. Já naqueles com mais de 51 anos, esse tempo caiu para 4,3 minutos.
Saúde
5,4 minutos – esse é o tempo médio do sexo nas relações estáveis

Memória mais afiada

Sexo frequente pode melhorar a memória da mulher. Cientistas da Universidade McGill, no Canadá, descobriram que mulheres que haviam feito sexo recentemente tinham melhor capacidade de lembrar palavras abstratas durante uma tarefa de memorização de palavras.

Acredita-se que o sexo estimule o desenvolvimento de neurônios na parte do cérebro envolvida no aprendizado e memória.

Longevidade

Pesquisadores das Universidades de Bristol e Belfast, no Reino Unido, descobriram que o risco de morte foi reduzido em homens que têm orgasmos frequentemente, em comparação com aqueles que não ejaculam regularmente. O estudo foi feito com cerca de 1.000 homens com idade entre 45 e 59 anos, acompanhados ao longo de 10 anos.

Aumento da auto-estima

Além do inúmeros benefícios físicos, fazer sexo regularmente pode impulsionar seu bem estar mental. Estudantes que fazem sexo casual relatam maior auto-estima do que indivíduos mais comprometidos, de acordo com um estudo da Universidade Cornell, em Nova York, nos Estados Unidos.Fonte:Veja

Irmão de Silvio Santos é alvo da Operação Conclave

A Polícia Federal realiza buscas na residência do executivo Henrique Abravanel, irmão caçula do empresário e animador de TV Silvio Santos, dono do SBT. Por ordem do juiz Vallisney de Souza Oliveira, da 10ª Vara Federal, de Brasília, procuram documentos ligados à aquisição possivelmente fraudulenta de ações do Banco Panamericano pela Caixa Participações S.A. (Caixapar).

O magistrado decretou a quebra do sigilo fiscal e bancário do irmão de Silvio. O inquérito instaurado apura a responsabilidade de gestores da Caixa Econômica Federal (CEF) na gestão fraudulenta, além de investigar possíveis prejuízos causados a correntistas e clientes.

A operação de aquisição de ações do banco Panamericano pela Caixapar é investigada por ter potencialmente causado expressivos prejuízos ao erário federal.

A reportagem de VEJA não localizou representantes do Banco Pan para comentar a operação da PF. O Grupo Silvio Santos informou que não comentaria.

Operação Conclave

Cerca de 200 policiais federais estão nas ruas cumprindo 46 mandados de busca e apreensão expedidos pela 10ª Vara Federal de Brasília-DF. A decisão ainda determinou a indisponibilidade e bloqueio de valores de contas bancárias de alvos das medidas cautelares. O bloqueio alcança o valor total de 1,5 bilhão de reais.

Os investigados responderão por gestão temerária ou fraudulenta, previstos nos artigos 4º e 5º da Lei nº7.492/86, além de outros crimes que possam vir a ser descobertos. As penas podem chegar a 12 anos de reclusão.

(Com Estadão Conteúdo)

Governo cede e comissão vota reforma da Previdência em maio

O presidente da comissão especial da Previdência, deputado Carlos Marun (PMDB-MS), afirmou nesta quarta-feira que a base do governo aceitou acordo proposto pela oposição para que a votação da matéria seja feita apenas em 2 de maio.

A vontade inicial do relator da reforma da Previdência, Arthur de Oliveira Maia (PPS-BA), era votar a proposta já na semana que vem. Pelo acordo que proposto, a semana que vem será dedicada a debates, que ocorrerão de terça-feira a quinta-feira.

Arthur Maia apresenta seu parecer para a comissão especial nesta quarta-feira. Ele apresentou ontem uma versão preliminar do relatório, fixando a idade mínima de aposentadoria em 62 anos para as mulheres e em 65 anos para os homens após um período de transição de 20 anos. Ou seja, o aumento seria progressivo, começando em 53 e 55 anos, respectivamente, na data da promulgação da emenda.

O texto mantém em 25 anos o tempo mínimo de contribuição para acesso ao benefício, que será igual a 70% da média de todos os salários de contribuição desde julho de 1994.

Após 25 anos de contribuição, cada ano seria contado a mais, possibilitando a obtenção de 100% da média aos 40 anos de contribuição.

terça-feira, 18 de abril de 2017

Palocci negocia delação com força-tarefa da Lava Jato

O ex-ministro da Fazenda Antonio Palocci deu início às negociações para sua delação premiada. Há cerca de duas semanas ele teve uma reunião com a força-tarefa da Operação Lava Jato na Polícia Federal em Curitiba, onde está preso desde setembro de 2016. As informações são da edição desta terça-feira do jornal Folha de S. Paulo.

Pessoas ligadas a Palocci dizem que os principais temas que o político pretende tratar envolvem corrupção de empresas do sistema financeiro, como bancos, além de conglomerados que não integram grupos de empreiteiras. Na lista também há fatos ligados ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva – de quem ele defendeu interesses econômicos – e às campanhas do Partido dos Trabalhadores.

Também estava na reunião com a força-tarefa da Lava Jato o delegado Felipe Pace, que conduziu investigações que prenderam o político. Desde 2016, a PF não participa de delações negociadas pelo Ministério Público Federal (MPF) e Procuradoria Geral da República (PGR).

Segundo o jornal, a sugestão para que a PF participasse das negociações partiu empreiteiro Marcelo Odebrecht, que assinou delação em dezembro. Ele e Palocci estão presos na carceragem de Curitiba. Há um ano, o procurador-geral Rodrigo Janot entrou com uma ação no Supremo Tribunal Federal (STF) para proibir a PF de negociar delação premiada.

Marcelo teria dito que enfrentou problemas em temas da delação sobre os quais os procuradores não tinham tanto conhecimento. Ele teria argumentado que a PF pode ajudar a dar foco em assuntos mais relevantes, daí a tentativa de Palocci de incluir os agentes federais em seu acordo.

A colaboração com o MPF é vista como mais vantajosa, já que nela pena e multa são determinadas na negociação. Porém, dividir as tratativas com outro órgão pode ajudar a reduzir a pressão dos procuradores sobre o potencial delator. Um delegado chegou a procurar o juiz Sergio Moro para informar que Palocci queria negociar com a PF, mas o magistrado disse que era preciso incluir o MPF. Nesta terça, o Superior Tribunal de Justiça (STJ) marcou o julgamento do pedido de liberdade de Palocci.

Segundo o jornal, o petista tem dito que tem pouca chance de êxito – ainda mais com a publicidade das delações da Odebrecht. Neste mês, o ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato no STF, negou liberdade provisória a Palocci.

Outro ponto que pesou para Palocci decidir tentar a delação é a negociação de seu ex-assessor, Branislav Kontic com investigadores. Os dois foram presos no ano passado, mas Kontic deixou a prisão após dois meses por decisão da Justiça. Palocci é réu por corrupção e lavagem em um processo conduzido por Moro.

Há, porém, outras ações que miram Palocci, como a que investiga sua atuação na compra de terreno que abrigaria o Instituto Lula. A primeira opção do ex-ministro para conduzir sua delação era o advogado Marlus Arns, que fechou o acordo do ex-vice-presidente da Camargo Corrêa, Eduardo Leite.

O criminalista, porém, declinou do caso por questões financeiras. Arns argumentou que já atende o ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), que está com os bens bloqueados, e que não poderia ter outro cliente sem condições de pagar.

O advogado Roberto Batochio, que além de Palocci defende o ex-ministro Guido Mantega e o ex-presidente Lula, disse que deixará o caso se o cliente tomar a decisão de firmar acordo de delação. “Ele não falou nada para mim nesse sentido”, afirmou ao jornal.Fonte:Veja

segunda-feira, 17 de abril de 2017

Número de mortes cai 17% nas rodovias estaduais durante feriadão da Páscoa

O número de mortes nas rodovias estaduais baianas no feriado da Páscoa caiu 17% em relação ao mesmo período do ano passado, de acordo com balanço divulgado nesta segunda-feira (17) pela Polícia Militar da Bahia. Foram registrados 25 acidentes de trânsito com cinco vítimas fatais, outras sete com ferimentos graves e 15 com ferimentos leves. Os dados são da Operação Círio Pascal 2017, finalizada nesta manhã. Durante o período da ação, a PM abordou 7.809 pessoas e 5.625 veículos. Foram autuados 893 veículos e retidos outros 46, além do recolhimento de 12 Carteiras Nacionais de Habilitação (CNH) e de 21 Certificados de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV). Ao todo, 10 pessoas foram encaminhadas às delegacias por envolvimento em ações ilegais, quatro delas por porte de drogas ilícitas, três por ingestão de bebida alcoólica ao dirigir, uma com mandado de prisão em aberto e outra por conduzir veículo com número do chassi suprimido. Segundo a corporação, as ações realizadas tiveram o objetivo alertar motoristas para a importância de se obedecer as normas de trânsito e também os limites de velocidade para a redução do número de acidentes.

Eixo Temer-FHC-Lula é fantasma de Janot para acovardar Congresso

Na minha coluna de sexta, na Folha, tratei como matéria de ficção um suposto “acordão” entre o presidente Michel Temer e dois de seus antecessores no cargo: Fernando Henrique Cardoso e Luiz Inácio Lula da Silva.

Ora, acordão em torno do quê?

Há absurdos de várias naturezas contidos nessa fantasia. E cumpre esmiúça-los. Comecemos pelo óbvio: essa conversa nasce no mesmo lugar em que germinou a tese farsesca da anistia ao caixa dois: o Ministério Público Federal, cujo chefe é Rodrigo Janot.

Não se anistia o que não é crime, certo? Os senhores procuradores é que terão de demonstrar a contrapartida oferecida pelo político em razão da doação recebida. Se não o fizerem, não terão como transformar caixa dois em corrupção passiva. E o MPF sabe disso. Finge não saber para poder acusar depois o Judiciário de patrocinar a impunidade.

Má consciência e falácia
Quanto ao acordão, o que se tem aí é mistura de má consciência com falácia lógica. A má consciência deriva do fato de que todos os observadores da política — e isso inclui os jornalistas — sabem, a esta altura, que o Ministério Público Federal tem um projeto político, pouco importa se tem ou não candidato, e pretende ser o Poder dos Poderes. Ora bolas: os bravos de Rodrigo Janot e Deltan Dallagnol avançam até em áreas restritas à Polícia Federal e à Controladoria-Geral da União. Nada escapa!

Como esse projeto é evidente, aposta-se que, em algum momento, haverá uma reação… E a reação, ora vejam, infelizmente, não chega porque os políticos estão acovardados pela patrulha permanente.

Acordão? Que acordão?
Li a reportagem original da Folha sobre o dito cujo. E eu o fiz, como disse, com a caneta na mão, grifando aqueles que seriam os pontos do tal acordão. E encontrei lá, por exemplo, “fim das coligações proporcionais” e “cláusulas de barreira”. Mas esperem: projetos assim estão no Congresso há anos. Não há um só defensor de uma reforma política decente que não inclua esses itens na pauta. Já estava no texto do então relator petista, Henrique Fontana (RS), em 2012.

Outros truques que presidente e ex-presidentes estariam articulando: “financiamento público de campanha” e “voto em lista”. Bem, tenham a santa paciência, não é? O STF cometeu a bobagem de declarar inconstitucional a doação de pessoas jurídicas. De onde sairá o dinheiro de 2018? De pessoas físicas, apenas, não será. Vamos deixar a disputa por cargos federais e estaduais à mercê do crime organizado, é isso?

Como o financiamento não pode ser de empresas, tem de ser público. E, se público, que alguém aponte, já desafiei, uma alternativa ao voto em lista. Será que é preciso que Temer, Lula e FHC entrem nessa parada para que o óbvio seja visto como… óbvio?

Congresso acovardado
E não que a aprovação desses dois mecanismos sejam favas contadas. Não são, não! Essa gritaria do moralismo xucro contra o que seria apenas uma ponte para 2018 pode contribuir para que tudo fique como está.  Embora não seja minha obrigação, fiz uma proposta: para as próximas eleições, valem esses dois mecanismos. Para 2022, volta a doação de pessoas jurídicas, na forma lei, e se institui o voto distrital misto.

Também não é obrigação de Elio Gaspari apresentar soluções — afinal, não fazemos provas do Enem, né? Mas  vejam só: quando um colunista diz que uma suposta articulação de Temer, Lula e FHC beiraria a “formação de quadrilha”, acho que está obrigado a apontar a saída, sim! Não haverá doação de empresas para 2018, Elio. Se não houver a pública, tudo fica como está. E Marcola se encarregará do resto.

FHC
Nas redes sociais, FHC negou com veemência qualquer esforço nesse sentido. Foi taxativo: “Não participei e não participo de qualquer articulação com o presidente Temer e com o ex-presidente Lula para estancar ou amortecer os efeitos das investigações da Operação Lava Jato. Qualquer informação ou insinuação em contrário é mentirosa”.

E o ex-presidente emenda: “O diálogo em torno do interesse nacional é o oposto de conchavos. Deve ser feito às claras com o propósito de refundar as bases morais da política”.

É isso.

Com a devida vênia, essa história de acordão é mais um fantasma, a exemplo da anistia ao caixa dois, com que o Ministério Público Federal pretende assombrar a política e intimidar o Parlamento.

Quem dera o Congresso tivesse a coragem de fazer o que tem de ser feito para impedir que o país caminhe para o buraco. Mas temo que não tenha, com receio desse patrulha que trata até o debate político como associação criminosa e conspiração.

Se há conspiradores na República, são aqueles que pretendem impor a sua vontade e a sua verdade, ainda que ao arrepio das leis.Fonte:Veja

Obesidade cresceu 60% no Brasil nos últimos dez anos

O brasileiro está mais obeso. Em dez anos, a prevalência da obesidade passou de 11,8% em 2006 para 18,9% em 2016, atingindo um em cada cinco brasileiros, de acordo com dados da pesquisa Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel), divulgada nesta segunda-feira pelo Ministério da Saúde. Segundo o levantamento, esse é um dos fatores que pode ter colaborado para o aumento da prevalência de diabetes e hipertensão entre a população.

No sobrepeso, o cenário é ainda mais grave. Mais da metade dos brasileiros está acima do peso. Nos últimos dez anos, o índice cresceu 26,3%, passando de 42,6% em 2006 para 53,8% em 2016. No mesmo período, o número de brasileiros diagnosticados com diabetes cresceu 61,8% e com hipertensão, 14,2%.

Excesso de peso

Segundo o Vigitel, nos últimos dez anos, o sobrepeso entre homens passou de 47,5% para 57,7%. Nas mulheres, o índice passou de 38,5% para 50,5%.

Rio Branco é a capital brasileira com maior prevalência de excesso de peso: 60,6 casos para cada 100.000 habitantes. Em seguida estão Campo Grande (58/100.000 habitantes), Recife, João Pessoa e Natal (56,6/100.000 habitantes) e Fortaleza (56,5/100.000 habitantes). Por outro lado, Palmas é a capital brasileira com a menor prevalência de excesso de peso (47,7/100.000 habitantes).

O levantamento revela ainda que o indicador de excesso de peso aumenta com a idade e é maior entre os que têm menor grau de escolaridade. Nas pessoas com idade entre 18 e 24 anos, por exemplo, o índice é de 30,3%. Já entre brasileiros de 35 a 44 anos, o índice é de 61,1% e, entre os com idade de 55 a 64 anos, o número chega a 62,4%. Já na população com 65 anos ou mais, o índice é de 57,7%.

Em relação à escolaridade, 59,2% das pessoas que têm até oito anos de escolaridade apresentam excesso de peso. O índice cai para 53,3% entre os brasileiros com nove a 11 anos de estudo e para 48,8% entre os que estudaram 12 ou mais anos.

Obesidade

De acordo com o estudo, a prevalência de obesidade no país duplica a partir dos 25 anos de idade. O problema também é maior entre os que apresentam menor escolaridade. Nas pessoas com idade entre 18 e 24 anos, por exemplo, o índice é de 8,5%. Já entre brasileiros de 35 a 44 anos, o índice é de 22,5% e, entre os com idade de 55 a 64 anos, o número chega a 22,9%. Na população com 65 anos ou mais, o índice é de 20,3%.

Em relação à escolaridade, os que têm até oito anos de estudo apresentam índice de obesidade de 23,5%. O percentual cai para 18,3% entre os brasileiros com nove a 11 anos de estudo e para 14,9% entre os que têm 12 ou mais anos de estudo.

Diabetes

O número de brasileiros diagnosticados com diabetes cresceu 61,8% nos últimos 10 anos, passando de 5,5% da população em 2006 para 8,9% em 2016. Ao contrário do excesso de peso, que é mais prevalente em homens, o diabetes é mais comum em mulheres. O índice de diagnósticos da doença nas mulheres passou de 6,3% em 2006 para 9,9% em 2016, contra 4,6% e 7,8% entre os homens.

O Rio de Janeiro é a capital com maior prevalência de diagnóstico médico de diabetes, com 10,4 casos para cada 100.000 habitantes. Em seguida, estão Natal e Belo Horizonte (ambos com 10,1), São Paulo (10), Vitória (9,7), Recife e Curitiba (ambos com 9,6). Já Boa Vista é a capital brasileira com a menor prevalência de diagnóstico da doença, com 5,3 casos para cada 100.000 habitantes.

Como os outros fatores, o indicador de diabetes aumenta com a idade e é quase três vezes maior entre os que têm menor escolaridade. Nas pessoas com idade entre 18 e 24 anos, o índice é de 0,9%. Já entre brasileiros de 35 a 44 anos, o índice é de 5,2% e, entre os com idade de 55 a 64 anos, o número chega a 19,6%. O maior registro, entretanto, é na população com 65 anos ou mais, que apresenta índice de 27,2%.

Já em relação à escolaridade, os que têm até oito anos de estudo apresentam índice de diagnóstico de diabetes de 16,5%. O percentual cai para 5,9% entre os brasileiros com nove a 11 anos de estudo e para 4,6% entre os que têm 12 ou mais anos de estudo.

Hipertensão arterial

O número de pessoas diagnosticadas com hipertensão no país cresceu 14,2% na última década, passando de 22,5% em 2016 para 25,7% em 2016. As mulheres, novamente, registram mais diagnósticos da doença – o grupo passou de 25,2% para 27,5% no período, contra índices de 19,3% e 23,6% registrados entre homens.

O Rio de Janeiro também é a capital com a maior prevalência de diagnóstico médico de hipertensão, com 31,7 casos para cada 100.000 habitantes. Em seguida estão Recife (28,4), Porto Alegre (28,2), Belo Horizonte (27,8)Salvador (27,4) e Natal (26,9). Já Palmas é a capital brasileira com a menor prevalência de diagnósticos da doença, com 16,9 casos para cada 100.000 habitantes.

Também no caso da hipertensão arterial, o indicador aumenta com a idade e é maior entre os que apresentam menor escolaridade. Nas pessoas com idade entre 18 e 24 anos, por exemplo, o índice é de 4%. Já entre brasileiros de 35 a 44 anos, o índice é de 19,1% e, entre os com idade de 55 a 64 anos, o número chega a 49%. O maior registro, entretanto, é na população com 65 anos ou mais, que apresenta índice de 64,2%.

Em relação à escolaridade, os que têm até oito anos de estudo apresentam índice de diagnóstico de hipertensão de 41,8%. O percentual cai para 20,6% entre os brasileiros com nove a 11 anos de estudo e para 15% entre os que têm 12 ou mais anos de estudo.

Alimentação

Felizmente, a pesquisa mostrou mudanças nos hábitos dos brasileiros como a redução do consumo regular de refrigerante ou suco artificial. Em 2007, o indicador era de 30,9%, em 2016 foi 16,5%. Também houve aumento da prática de atividade física nos momentos de lazer. Em 2009, 30,3% da população fazia exercícios por pelo menos 150 minutos por semana, já em 2016 a prevalência foi de 37,6%. Nas faixas etárias pesquisadas, os jovens de 18 a 24 anos são os que mais praticam exercícios no tempo livre.

Houve também um singelo aumento no consumo regular de frutas e hortaliças: em 2008 o índice era de 33,0%, e em 2016, 35,2%. No entanto, a ingestão permanece baixa. Em 2016, apenas 1 entre 3 adultos consomem frutas e hortaliças em cinco dias da semana.

Em relação ao consumo abusivo de bebida alcoólica, foi registrado um leve aumento: em 2006 era 15,7%, e em 2016, 19,1%.

(Com Agência Brasil)

Goleiro Bruno é hostilizado por torcedor na 2ª divisão mineira

“Uh, terror, o Bruno é matador.” Este foi apenas um dos gritos dos torcedores do Patrocinense para o goleiro Bruno, que estreou no Boa Esporte após deixar o presídio pelo assassinato de sua ex-amante, Eliza Samudio.

A partida contra o Patrocinense, pelo hexagonal final da segunda divisão mineira, aconteceu na última quarta-feira, 12 de abril, em Patrocínio. Torcedores do time rival de Bruno imitaram cachorro e perguntaram onde estava Eliza Samudio, enquanto o goleiro se aquecia para o duelo, que terminou com empate de 0 x 0.

Com três das dez rodadas disputadas no hexagonal final da segunda divisão, o Boa Esporte ocupa apenas a quinta (penúltima) colocação no quadrangular, depois de dois empates e uma derrota. Bruno jogou essas três partidas como titular. Apenas os dois primeiros colocados nessa fase conseguirão acesso à primeira divisão.Fonte:Veja

UGT: Não é o momento para igualar idade mínima de mulher e homem

O presidente da União Geral dos Trabalhadores (UGT), Ricardo Patah, criticou a proposta do governo de igualar a idade mínima de 65 anos para homens e mulheres. “Não estamos no momento adequado, correto, de igualar idade mínima da mulher a do homem. A mulher recebe 30% menos e trabalha muito mais. Enquanto não tivermos políticas públicas que reduzam discriminação, eu sou favorável à diferenciação da idade mínima”, disse.

Patah afirmou ainda ser favorável a uma Previdência que unifique todos os trabalhadores, do rural aos servidores públicos, mas ressaltou que as demais condições também devem ser igualitárias.

“No caso da idade mínima, por mais que falem que os números muitas vezes não são realistas, que a expectativa ao nascer no Brasil é de 76 anos, para alguns homens em vários Estados no Brasil a expectativa não passa dos 68, 69 anos. A reforma é injusta com trabalhador pobre e nordestino, que não vai conseguir se aposentar”, disse o sindicalista.

O presidente da UGT disse ainda que o governo deveria centrar seus esforços na reforma tributária e do Estado, que seriam mais importantes do que a da Previdência.

O sindicalista também criticou o governo por, segundo ele, não saber cobrar a dívida previdenciária.

(Com Estadão Conteúdo)

Moro exige presença de Lula em todas as audiências para ouvir 87 testemunhas de defesa

O juiz federal Sérgio Moro decidiu ouvir as 87 testemunhas de defesa arroladas pela defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em ação Penal da Lava Jato, mesmo considerando o número “bastante exagerado”. No entanto, o magistrado afirmou que a presença de Lula será exigida em todos os depoimentos.

“Será exigida a presença do acusado Luiz Inácio Lula da Silva nas audiências nas quais serão ouvidas as testemunhas arroladas por sua própria Defesa, a fim prevenir a insistência na oitiva de testemunhas irrelevantes, impertinentes ou que poderiam ser substituídas, sem prejuízo, por provas emprestadas”, diz o despacho.

A decisão de Moro, que é responsável pelas ações da lava Jato na 1ª instância, foi publicada no sistema da Justiça Federal do Paraná no fim da tarde desta segunda-feira (17). A justificativa da decisão é “evitar alegações de cerceamento de defesa”.

Para o juiz, a oitiva de todas as testemunhas é desnecessária, considerando que houve várias desistências na outra ação penal na qual o ex-presidente é réu.

“Bem como considerando o teor dos depoimentos de várias, de caráter eminentemente abonatório ou sem conhecimento específico dos fatos que eram objeto da acusação”, afirma em trecho da decisão.

A exigência de comparecimento nas audiências para depoimento de suas testemunhas de defesa foi estendida a todos os réus do processo.

“Fica, porém, indeferida a dispensa da presença dos acusados nas audiências de oitiva das testemunhas arroladas por suas próprias Defesas. Em outras palavras, os acusados deverão comparecer pessoalmente nas audiências destinadas à oitiva de suas próprias testemunhas”, explica Moro.

A acusação

O processo apura se a Odebrecht pagou propina por meio da compra do terreno onde seria construída a nova sede do Instituto Lula e do apartamento vizinho ao do ex-presidente em São Bernardo, no ABC Paulista.

Os procuradores afirmam na denúncia que, na tentativa de dissimular a real propriedade do apartamento, a ex-primeira-dama Marisa Letícia chegou a assinar contrato fictício de locação com Glaucos da Costamarques, também réu no processo. A força-tarefa considera Costamarques testa-de-ferro de Lula.

Além dessa suspeita, envolve a compra frustrada de um terreno para a construção de uma sede para o Instituto Lula.

Além de Lula, há outros sete réus nesta ação. Entre eles estão o ex-presidente da Odebrecht S.A Marcelo Odebrecht, o ex-ministro Antônio Palocci, e Roberto Teixeira, um dos advogados do ex-presidente.

Quer saber mais notícias do estado? Acesse G1 Paraná.