SERRINHA:SÃO JOÃO TEM QUE SER NO FORRÓ DA XICA

SERRINHA:SÃO JOÃO TEM QUE SER NO FORRÓ  DA XICA

A RÁDIO CLUBE SERRINHA.NET ESTÁ COM NOVA PROGRAMAÇÃO!

A RÁDIO CLUBE SERRINHA.NET ESTÁ COM NOVA PROGRAMAÇÃO!
Acompanhe A NOVA PROGRAMAÇÃO da primeira Rádio WEB da cidade. Locutores profissionais,músicas atuais e de bom gosto.As 20 horas de segunda a sexta,José Ribeiro apresenta "ARQUIVO MUSICAL".

Você está ouvindo:Rádio Clube Serrinha.NET

NOVAS ATRAÇÕES DO SÃO JOÃO DE SERRINHA

NOVAS ATRAÇÕES DO SÃO JOÃO DE SERRINHA

BEIJO FRIO:A MELHOR SORVETERIA DA BAHIA E O MELHOR SORVETE

BEIJO FRIO:A MELHOR SORVETERIA DA BAHIA E O MELHOR SORVETE
Endereço: Av. Dep. Manoel Novaes, 670 - Centro, Serrinha - BA, 48700-000 Telefone: (75) 3261-1889

ATENÇÃO:CID MOREIRA NA CLUBE AS 18 HORAS com o Estudo Bíblico.

ATENÇÃO:CID MOREIRA NA CLUBE AS 18 HORAS com o Estudo Bíblico.
Todas as noites as 18 horas,você tem aqui na Rádio Clube Serrinha.net:Não tem tempo de ler? Ouça a Bíblia Sagrada!

A BIBLIA É A PALAVRA DO DEUS VIVO JEOVÁ.

A BIBLIA É A PALAVRA DO DEUS VIVO JEOVÁ.
JEOVÁ DEUS DISSE:E a Adão Jeová disse:"Visto que você escutou a voz da sua esposa e comeu da árvore a respeito da qual lhe dei a ordem:‘Não coma dela’, maldito é o solo por sua causa.Em dor você comerá dos produtos dele todos os dias da sua vida.Ele produzirá para você espinhos e abrolhos, e você terá de comer a vegetação do campo.No suor do seu rosto comerá pão,até que você volte ao solo,pois dele foi tirado.Porque você é pó e ao pó voltará".Gênesis 3:1-24

quarta-feira, 16 de maio de 2018

Serrinha:Microempreendedor individual é a categoria de entrada para o empreendedorismo

A Prefeitura de Serrinha, em parceria com o SEBRAE, realizou na CDL de Serrinha, a OFICINA do MEI, com o objetivo de que o microempreendedor individual fortaleça cada vez mais seu comércio e promova mudanças em seus negócios. A oficina contou com a participação de muitos comerciantes do município e foi ministrada pelo mediador do SEBRAE Dilson Abreu.

A agente de desenvolvimento Cícera Santos disse que “os microempreendedores receberam orientações sobre boas vendas e bons resultados nos negócios. A oficina, oferece ferramentas, conceitos e práticas que vão desenvolver a capacidade de administração e planejamento, além de ajudar o empreendedor a melhorar o desempenho das vendas por meio da utilização dos conceitos e técnicas de marketing”.

O Secretário Municipal de Desenvolvimento Econômico, Hermano Amador, disse que o MEI é um dos grandes responsáveis pelo desenvolvimento da economia local e, por isso, se faz importante a sua qualificação. “Entendo que hoje o segmento do microempreendedor individual já representa uma parcela significativa da nossa economia.

E entendo também que é um grande instrumento para geração de ocupação e distribuição de renda e, consequentemente, para promover o desenvolvimento local. Nesse sentido, é fundamental a ação do Sebrae de capacitação, qualificação desses empresários, visando que, no futuro, eles se tornem micro e pequena empresa e promovam ainda mais o desenvolvimento do nosso país”, afirma.
MEI – Microempreendedor individual é a categoria de entrada para o empreendedorismo. Estão nessa definição as pessoas que trabalham por conta própria de forma regulamentada com CNPJ, podendo emitir nota fiscal e contratar até um funcionário.

A categoria MEI está enquadrada no Simples Nacional, um regime tributário diferenciado para pequenas empresas que têm por objetivo simplificar a taxação e pagamento de impostos. A partir do Simples, os impostos para o MEI são unificados em uma taxa mensal que dá acesso a benefícios como aposentadoria, auxílio-doença e licença-maternidade por tempo de contribuição.Fonte:Blog de Fernando Lima

Serrinha:Os melhores cantores do Brasil estarão no Parque Maria do Carmo

Gusttavo Lima e Unha Pintada são algumas das atrações da Vaquejada de Serrinha, que acontece no município há 51 anos. O evento acontece no espaço Parque Maria do Carmo, entres os dias 6 e 9 de setembro.

Os ingresos variam entre R$ 35 a R$ 325 e estão à venda no site vendas.vaquejadadeserrinha.com.br. Outra forma de pagamento é por carnê, que pode ser adquirido presencialmente no escritório do espaço.

O evento é considerado como um dos principais projetos de valorização da cultura sertaneja, que movimenta a região sisaleira do estado da Bahia. A programação do evento mescla atrações musicais e competições esportivas.

Confira a programação:

Quinta-feira (6) - abertura oficial

Missa do vaqueiro, às 13h. Em seguida, cavalgada na cidade e abertura das competições esportivas. Entrada gratuita.

Sexta-Feira (7) - Festa do Bezerro Manhoso

Ingressos: Pista Meia - R$ 35; Pista Inteira - R$ 70; Camarote VIP - R$ 75;

Sábado (8) - Festa da Vaca Atolada

Ingressos: Pista Meia - R$ 60; Pista Inteira - R$ 120; Camarote VIP - R$ 125;

Domingo (9) - Festa do Boi Malandro

Ingressos: Pista Meia - R$ 60; Pista Inteira - R$ 120; Camarote VIP - R$ 125;

Passaporte para todos os dias:

Pista: Meia - R$ 155; Inteira - R$ 310;

Camarote VIP: R$ 325;

Vendas: vendas.vaquejadadeserrinha.com.br

Mais informações: Tel. (71) 9.9956.2455 / (75) 3261-3444.Fonte:G1

Aposentadoria por idade só poderá ser pedida por telefone ou internet a partir do dia 21

A partir da próxima segunda-feira (21), o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) deixará de agendar atendimento presencial para pedidos de aposentadoria por idade e salário-maternidade. Os dois benefícios só poderão ser solicitados por telefone ou internet.

A análise para concessão da aposentadoria por idade e do salário-maternidade já é feita automaticamente, com base nos dados disponíveis nos sistemas do INSS e do governo, desde setembro de 2017. Mas até então também era possível fazer o pedido pelo modelo de agendamento, que agora ficará indisponível.

Os benefícios poderão ser solicitados no site do instituto ou pelo telefone 135. O segurado receberá um número de protocolo e só será chamado a uma agência do INSS em casos excepcionais, como na falta de documentos.

De acordo com o INSS, a mudança deve reduzir o tempo de análise dos pedidos. Segundo o órgão, outros benefícios também passarão a ser solicitados dessa forma "em breve".

Serviços agendados

A partir do dia 24, serviços antes atendidos por ordem de chegada nas agências poderão ser agendados pela internet e telefone.

São eles:

Alterar meio de pagamento

Atualizar dados cadastrais do beneficiário

Atualizar dados do Imposto de Renda – Atualização de dependentes

Atualizar dados do Imposto de Renda – Declaração de Saída Definitiva do País

Atualizar dados do Imposto de Renda – Retificação de DIRF

Cadastrar Declaração de Cárcere

Cadastrar ou atualizar dependentes para Salário-família

Cadastrar ou Renovar Procuração

Cadastrar ou Renovar Representante legal

Desbloqueio do Benefício para Empréstimo

Desistir de Aposentadoria

Emitir Certidão de Inexistência de Dependentes Habilitados à

Pensão por Morte

Emitir Certidão para saque de PIS/PASEP/FGTS

Reativar Benefício

Reativar Benefício Assistencial à Pessoa com Deficiência suspenso por inclusão no mercado de trabalho

Renunciar cota de Pensão por Morte ou Auxílio-Reclusão

Solicitar Pagamento de Benefício não Recebido

Solicitar Valor não Recebido até a Data do Óbito do Beneficiário

Suspender Benefício Assistencial à Pessoa com Deficiência para inclusão no mercado de trabalho

Transferir Benefício para outra Agência.Fonte:G1

Bahia registra 114 casos de H1N1 com 15 óbitos, aponta boletim da Sesab

Boletim da Secretaria da Saúde da Bahia (Sesab), divulgado nesta terça-feira (15), apontou um aumento no número de casos de Influenza do subtipo A H1N1: foram confirmados 114, com 15 evoluções para morte. Até o último sábado (12), foram notificados 752 casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), com 57 mortes. Destes, 132 foram confirmados para Influenza. Foram confirmados casos de H1N1 em 27 municípios, e os óbitos ocorreram em seis deles: Salvador (10), Camaçari (1), Lauro de Freitas (1), Retirolândia (1), Saúde (1) e Serrinha (1). Foi registrada maior ocorrência entre os menores de cinco anos e maiores de 60 anos, sendo que 63,1% dos óbitos ocorreram nesse grupo.

Leão acha que Wagner disputará Senado e espera Rui definir se ele continua na vice

Mesmo avaliando que é possível o ex-governador da Bahia Jaques Wagner (PT) ser candidato à Presidência da República em substituição ao ex-ministro Luiz Inácio Lula da Silva, o vice-governador da Bahia, João Leão (PP), acredita que isto não deve ocorrer. Com este fato, não haveria mudança na composição da chapa majoritária, como o próprio Leão chegou a aventar, em entrevista à coluna Satélite, do jornal Correio.

“O PT fechou questão em Lula e Wagner quer ser mesmo candidato a senador. Wagner é um baiano arretado”, afirmou, em entrevista ao Bahia Notícias. O vice-governador disse na ocasião que, caso Wagner fosse candidato a presidente, ele ocuparia a vaga do petista para o Senado na chapa majoritária do governador Rui Costa à reeleição, enquanto a senadora Lídice da Mata poderia concorrer a um espaço na vice (relembre).

Sobre a declaração que causou certo rebuliço, Leão explicou. “Fui perguntado: ‘Se Lula não for candidato, Wagner pode ser?’ Eu respondi: ‘Poderá, pô. Tanto ele quanto o cara lá de São Paulo, o Haddad’. Mas aí criou aquela coisa toda”, relembrou. Leão também aproveitou para reafirmar seu desejo em continuar como vice de Rui na disputa por mais quatro anos no Palácio de Ondina. No entanto, ele aguarda que o próprio governador bata o martelo sobre o assunto.

“Estamos aguardando que o governador marque conversa entre todos nós, mas minha preferência o governador já sabe, que vai ser ficar ao lado dele para a gente continuar produzindo essas obras todas. A coisa está acontecendo e eu me entusiasmo muito com isso”, reiterou. Em relação à disputa pela reeleição, Leão pregou cautela e pediu que se evite o clima de “já ganhou”, após a desistência de ACM Neto em concorrer ao governo. “Vamos partir para a luta, mas respeitando a oposição. Você não pode dizer já ganhei.

 Da última vez, eles disseram ‘já ganhei’, e a gente veio lá e crau. A oposição é feita para ser respeitada. Eleição é eleição. Cada uma tem um porém, tem um fator decisivo. O que nós precisamos é tocar o barco da maneira que estamos”, aconselhou. Um dos maiores defensores de que Neto continuasse na prefeitura de Salvador (relembre), o vice-governador também avaliou que ele “acertou” em não concorrer. E ainda fez um pedido ao prefeito de que melhore as relações com o governo do Estado. “Tem que acabar com essas picuinhas, essa briga besta, tanto de um lado quanto do outro. O povo não quer isso, quer progresso, desenvolvimento, isso que a Bahia está vendo.

E nós estamos dispostos. Fizemos essa parceria com o metrô e estamos dispostos a outras parcerias”, afirmou, em relação aos embates públicos entre Neto e o governador Rui Costa. Ele ainda usou uma analogia entre a melhoria das relações do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, com a Coreia do Norte para pregar a “pacificação” entre os gestores. “Pô, até o Trump quer pacificar com o povo da Coreia do Norte. Então, por que a gente vai ficar brigando no nosso canteiro?”, brincou.Fonte:Bahia Noticias

Manifestantes criticam Moro na entrada de premiação em Nova York

Há uma semana, do outro lado do Central Park, fãs babavam por celebridades desfilando pelo tapete vermelho do tradicional baile de gala do Metropolitan. Mas diante do Museu de História Natural, o clima foi outro.

Sob forte chuva, com protesto e batuque na porta, uma parte endinheirada do establishment político e econômico do Brasil e dos Estados Unidos subiam os degraus para o jantar do prêmio Pessoa do Ano, que homenageia Michael Bloomberg, ex-prefeito de Nova York, e o juiz federal Sergio Moro, alvo de parte do ódio que se concentrava ali.

Eles eram cerca de 60 manifestantes e gritavam “golpista”, “vergonha”, “Moro salafrário, juiz partidário” com faixas dizendo “Lula livre”. Queriam azedar o banquete oferecido pela Câmara de Comércio Brasil-Estados Unidos.

Moro, a estrela da noite, entrou por uma porta fora do campo de visão, mas seu nome e o do ex-presidente que ele condenou no caso do tríplex ecoavam pelo Upper West Side num grito de guerra que ainda separa coxinhas e mortadelas.

Não faltaram barracos. Uma mulher no protesto chamava todas que entravam de “cafona”, “ridícula” e “decadente”, às vezes de “pobre de direita”. E as mulheres de salto e vestidos que pareciam de madrinha de casamento perdiam a compostura, revidando com o dedo do meio em riste. Umas atiraram objetos difíceis de distinguir na tempestade em direção aos manifestantes.

Dois homens quase saíram no braço. O motorista de uma Mercedes preta, que acabava de deixar um convidado da festa do museu, xingou e foi xingado de volta. De brinde, levou uma cusparada que diz ter arruinado seu blazer “Brooks Brothers de US$ 100” —ele é brasileiro e conta estar há 30 anos em Nova York.

Outro chofer, enquanto ajudava uma mulher de longo e salto a navegar pelo furdunço na porta, mandou os manifestantes irem trabalhar. “Trabalhar ninguém quer, protestar que é bom”, dizia em português. “Volta pro Brasil, cambada.”

Vitória enfrenta Sampaio Corrêa pelas quartas da Copa do Nordeste

O Vitória enfrenta a equipe do Sampaio Corrêa no estádio do Castelão, nesta quarta-feira (16), às 19h15, em jogo de ida das quartas de final da Copa do Nordeste.

O técnico Vagner Mancini optou pelo mistério absoluto para o duelo, escondendo até a lista de relacionados para o confronto. O zagueiro Kanu e o atacante Rhayner foram poupados da última atividade do rubro-negro, que aconteceu na terça-feira, em Salvador. O defensor com certeza não viajou para São Luís-MA e existe uma forte tendência de o atacante também não ter acompanhado a delegação.

Os desfalques certos ficam por conta do zagueiro Aderllan, do meia-atacante Lucas Fernandes e do atacante Wallyson, todos por não terem sido inscritos pelo Vitória na competição. Já Guilherme Costa e Fillipe Soutto também estão fora do duelo contra o Sampaio Corrêa por terem sido vetados pelo departamento médico.

FICHA TÉCNICA:
Sampaio Corrêa x Vitória - Quartas de final da Copa do Nordeste (Ida)

Data: 16 de maio de 2018 (quarta-feira)
Horário: 19h15
Local: Castelão, em São Luís-MA
Árbitro: Nielson Nogueira Dias (PE)
Assistentes: Marcelino Castro de Nazaré (PE) e Ricardo Bezerra Chianca (PE)

Sampaio Corrêa: André Luiz; Bruno Moura, Fredson, Maracás e Alyson; César Sampaio, Diego Silva, William e João Paulo; Alvinho e Bruninho. Técnico: Roberto Fonseca

Vitória: Caíque; Lucas, Ramon, Bruno Bispo e Jeferson; Willian Farias, Uillian Correia (José Welison), Yago e Denilson; Neilton (Luan) e André Lima. Técnico: Vagner Mancini.Fonte:Bocão News

Lula ficará impossibilitado de votar se continuar preso na sede da PF

Se o ex-presidente Lula (PT) continuar preso na sede da Polícia Federal em Curitiba, não poderá votar, já que o local não é uma unidade prisional e não receberá urnas. 

De acordo com a Coluna do Estadão, do jornal O Estado de S.Paulo, se Lula for transferido para um presídio, poderá votar porque seu caso ainda não foi transitado em julgado. No entanto, se a unidade for no Paraná, ele só poderá votar em presidente, já que não transferiu o título no prazo.

terça-feira, 15 de maio de 2018

Prefeitura anuncia obras de pavimentação de seis ruas do bairro da Santa, em Serrinha


 Para dar melhores condições de trafegabilidade, acesso, conforto e comodidade à população serrinhense, a Prefeitura Municipal de Serrinha, por meio da Secretaria de Infraestrutura, anunciou as obras de pavimentação em seis ruas do bairro da Santa, nesta sexta-feira (11).

A pavimentação vai beneficiar moradores das ruas Vitória, Palmeiras, Travessa Palmeiras, Fluminense, Péricles Nogueira e Campo Grande. “A Prefeitura tem investido na pavimentação de ruas, facilitando o deslocamento de moradores e usuários.

Além de significar mais qualidade de vida aos cidadãos, a chegada do pavimento em vias, que não contavam com esse importante benefício, também garante um novo visual ao lugar e, consequentemente, a valorização dos imóveis”, disse o secretário de Infraestrutura, Misael Cunha Neto.O investimento para realização das obras é de R$ 399.921,29.

"As obras de pavimentação vão garantir mais qualidade de vida para a população. A pavimentação das vias era uma reivindicação antiga dos moradores, que reclamavam das condições precárias de tráfego e dos transtornos provocados por poeira e lama", pontuou o Prefeito Adriano Lima.

Estiveram presentes, além do Prefeito, o Chefe de Gabinete, Gustavo Pastor; o Procurador do Município, Dr. Cyro Novais; os Secretários Alexandre Tahim, Willian Henrique e Misael Cunha Neto. Além desses, estavam também os vereadores Alex da Saúde, Sargento Jean, Zé Raimundo e Sedex do Ovo. Anderson Pereira e Negrão da Santa foram representar a comunidade.Fonte:Blog Fernando Lima Repórter

Gualberto e Zé Ronaldo são 'pegos' em aplicativo "Detector de Corrupção"

Dois pré-candidatos ao governo da Bahia não passaram pelo filtro do aplicativo "Detector de Corrupção". A ferramenta foi lançada pelo site Reclame Aqui e usa reconhecimento facial para identificar os políticos e fornecer informações completas sobre quais crimes foram praticados por eles.

Dentre os aspirantes ao cargo de governador da Bahia, apenas três estão cadastrados no aplicativo. Os pré-candidatos José Ronaldo (DEM), ex-prefeito de Feira de Santana, e o deputado federal João Gualberto (PSDB) respondem a processos e foram "pegos" no detector.

Ronaldo, conforme mostra o aplicativo, é alvo de uma ação por contratar terceirizados para uma unidade de saúde de forma irregular. Gualberto, por sua vez, responde a um inquérito por suposto crime de lei de licitações.

O outro pré-candidato ao governo é o atual governador da Bahia, Rui Costa (PT), que não possui processo relacionado no aplicativo.



Os pré-candidatos Marcos Mendes (Psol), João Santana (MDB), João Henrique (PRTB), Celia Sacramento (Rede), Marcos Mauricio (PSDC) e Valdir Santos (PV) não constam na ferramenta.Fonte:Bocão News

Monge visita Lula na prisão e os dois rezam juntos

Segundo religioso a visitar o ex-presidente Luiz Inácio Lula na Silva na prisão, o monge Marcelo Barros relatou em carta nesta segunda-feira (14) detalhes de seu encontro com o petista.
Barros disse no texto ter encontrado Lula sentado à mesa, diante de livros recebidos pelo teólogo Leonardo Boff, que o visitou no dia 7 de maio.

"De saúde, estou bem, sereno e firme no que é meu projeto de vida que é servir ao povo brasileiro como atualmente tenho consciência de que eu posso e devo. Você veio para me trazer um apoio espiritual", disse Lula ao monge, segundo seu relato. "E o que eu preciso é saber como lidar cada dia com uma indignação imensa contra os bandidos responsáveis por essa armação política da qual sou vítima, sem dar lugar ao ódio."

Na conversa, Lula contou histórias de sua infância. Entre elas, o dia em que resistiu à tentação de roubar uma maçã para não decepcionar a mãe, escreveu o Monge. "E aí ele prosseguia com lágrimas nos olhos: 'Agora esses moleques vêm me chamar de ladrão. Eu passei oito anos na presidência e nunca me permiti ir com Marisa [Letícia, sua mulher, já falecida] a um restaurante de luxo, nunca fiz visitas de diplomacia na casa de ninguém. Fiquei ali trabalhando sem parar quase noite e dia. E agora, os caras me tratam dessa maneira'", disse Lula durante a visita de Barros.

Antes de encerrado o tempo do Monge na cela, o petista mostrou fotos de família e os dois oraram de mãos dadas. Lula mandou ainda um recado aos apoiadores acampados em vigília. "Diga que estou sereno, embora indignado com a injustiça sofrida. Mas, se eu desistir da campanha, de certa forma estou reconhecendo que tenho culpa. Nunca farei isso. Vou até o fim", disse.

E continuou: "Creio que na realidade atual eu tenho condições de ajudar o Brasil a voltar a ser um país mais justo e a lutar para que, juntos, construamos um mundo no qual todos tenham direitos iguais."

Delator da Lava Jato é preso novamente por lavagem de dinheiro de tráfico internacional de drogas

A Polícia Federal (PF) prendeu  na manhã desta terça-feira (15), oito pessoas,  em uma operação contra lavagem de dinheiro do tráfico internacional de drogas. Carlos Alexandre, conhecido como Ceará, doleiro da Lava Jato foi preso novamente.

De acordo com o G1, além dele, outros dois operadores financeiros atuam no esquema. Um deles, Edmundo Gurgel Junior, foi investigado anteriormente pela PF no caso Banestado, na Operação Farol da Colina, segundo a Polícia Federal.

Segundo a PF, Carlos Alexandre firmou acordo de colaboração premiada com a Procuradoria-Geral da República (PGR), que foi homologado pelo Supremo Tribunal Federal (STF). Contudo, conforme a PF, ele voltou às atividades ilegais.

A PF informou que vai comunicar a PGR e o STF sobre a prisão do réu colaborador para que a quebra do acordo firmado seja avaliado.

Efeito Dominó

Batizada de Efeito Dominó, a operação é um desdobramento da Operaçãp Spectrum, deflagrada em 2017. Na ocasião, Luiz Carlos da Rocha – o Cabeça Branca, um dos maiores traficantes da América do Sul, segundo a PF – foi preso em Sorriso (MT).

Ao todo, são 26 mandados judiciais. Há 18 de busca e apreensão, cinco de prisão preventiva (que é por tempo indeterminado) e três de prisão temporária. Os presos serão levados para a Superintendência da PF, em Curitiba.

Os mandados são cumpridos no Rio de Janeiro, Pernambuco, Ceará, Paraíba, Mato Grosso do Sul, Distrito Federal e em São Paulo.

Crimes de lavagem de dinheiro, contra o Sistema Financeiro Nacional, organização criminosa e associação para o tráfico internacional de entorpecentes são apurados pela Operação Efeito Dominó.

segunda-feira, 14 de maio de 2018

Petistas, tucanos e emedebistas não são opção de voto da maioria dos brasileiros, diz pesquisa

Alvos constantes das operações sobre casos de corrupção no país, PT, MDB e PSDB estão longe da preferência dos eleitores brasileiros. O levantamento feito pelo Paraná Pesquisas mostra que 50,8% dos 2.002 brasileiros entrevistados não pretende votar em um candidato do PT para deputado federal ou senador. Para 27,7%, isso vai depender do candidato enquanto 17,6% confirmam a possibilidade de votar em um petista.

Realizada de 27 de abril a 2 de maio, em 154 municípios do país, a pesquisa apurou que 49,5% dos brasileiros também não pretende escolher um nome do MDB. Já 36% dizem que depende do candidato enquanto 9,4% confirmam a pretensão de eleger um emedebista. Quanto ao PSDB, 46,2% não pretendem votar em um tucano para o Congresso Nacional.

Outros 39,4% afirmam que depende do político e 7,7% dizem que votariam em um tucano. O levantamento apurou ainda a perspectiva dos eleitores quanto à eleição presidencial, cuja maioria respondeu não ver impacto na influência de um desses partidos na hora de escolher o candidato (saiba mais aqui). A pesquisa foi registrada sob o número BR-02853/2018 no Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Feira: vereador cumpre promessa e vai a cavalo para a Câmara

O vereador Edvaldo Lima (PP), de Feira de Santana, cumpriu sua promessa e foi trabalhar a cavalo na manhã desta segunda-feira (14). O gesto foi um protesto contra o aumento do preço do combustível.

“Destruíram a Petrobras e estamos pagando o preço. Quem tem que pagar a conta é quem roubou”, bradou o legislador, conforme publicação do site Política in Rosa.

Polícia procura homem que rouba, estupra e corta cabelo de mulheres em Feira de Santana

A polícia procura por um homem que rouba, estupra e corta o cabelo de mulheres em Feira de Santana, a cerca de 100 quilômetros de Salvador. De acordo com o G1, que entrevistou a delegada do município, o número de vítimas subiu de 7 para 9. Os registros aconteceram entre abril e maio deste ano.

Os casos ocorrem desde 2016 e são mais frequentes no bairro de Asa Branca. De acordo com Clélia Vasconcelos, titular da Delegacia de Atendimento à Mulher (Deam), as investigações sobre os crimes estão avançando.

"Ele é um homem de estatura mediana, altura de 1,70. Não é gordo, mas é relativamente forte, de fala mansa, de nariz avantajado, sobrancelhas espessas e cor parda", detalha o perfil relatado pelas vítimas.

Informações sobre suspeitos podem ser passadas em sigilo para a polícia por meio do telefone: (75) 3602-9091.Fonte:Bocão News

sábado, 12 de maio de 2018

Sábado é dia de vacinação contra Influenza

Neste sábado, a população terá acesso a imunização em locais como shoppings, supermercados, escolas, creches, associações, igrejas e estações de transbordo, além do funcionamento dos tradicionais postos de saúde.  Confira a lista

Durante toda a semana a imunização está disponível nos 126 postos de saúde da capital, que funcionam de segunda a sexta-feira (exceto feriado), das 8:00 à 17:00 horas.

“Já estamos avançando para a 4ª semana da campanha com apenas 33,8% de cobertura do público alvo, o que é preocupante”, pontua a subcoordenadora de Imunização do município, Doiane Lemos. Iniciada no dia 23 de abril, a estimativa é imunizar 90% das 541.451 pessoas elegíveis para receberem o imunobiológico, conforme recomendação do Ministério da Saúde. No entanto, até o momento, apenas 205.023 doses foram aplicadas, ou seja, abaixo da expectativa.

Dos grupos prioritários, as crianças continuam liderando o ranking da menor cobertura (22,9%), apesar de ser um dos grupos mais vulneráveis a complicações. A taxa de cobertura dos demais grupos também continua baixa como gestantes (33,2%), trabalhadores da saúde (37,9%), idosos (39,4%) e puérperas (57,7%). Dos 20,570 professores da rede pública e privada elegíveis para tomarem a vacina, apenas   25% procuraram os postos.

Deverão procurar as unidades de saúde idosos (a partir de 60 anos), crianças (de 6 meses a menores de 5 anos: 4 anos, 11 meses e 29 dias), gestantes, puérperas (mulheres que ganharam bebê nos últimos 45 dias), trabalhadores de saúde do serviço público e privado, professores e portadores de doenças crônicas.

“Todas as estratégias estão sendo adotadas pela Secretaria Municipal da Saúde no sentido de elevar os números, mas, contamos também com essa sensibilização por parte da população, já que a preocupação maior não é apenas no alcance de um número, e sim, de proteger vidas. É importante não deixar para a última hora, já que o imuno leva de 7 a 10 dias para fazer efeito no organismo”, finalizou Doiane Lemos.

Como todos os anos, o imunobiológico disponibilizado para população é trivalente, que protege contra os sorotipos H1N1, H3N2 e Influenza B.

Conta de água terá reajuste de 4,09%, confirma Governo

A conta de água ficará mais cara para os baianos a partir do dia 12 de junho.  A Embasa (Empresa Baiana de Águas e Saneamento) confirmou nesta sexta-feira (11) o reajuste tarifário de 4,09% no valor dos serviços de água e esgoto prestados ao Estado.

A medida será publicada no Diário Oficial do Estado deste sábado (12) e passa a valer 30 dias após a data de publicação do reajuste. O reajuste anual, que, segundo a Embasa, visa recompor as perdas inflacionárias dos custos de prestação dos serviços, foi autorizado pela Agência Reguladora de Saneamento Básico do Estado da Bahia – Agersa, órgão responsável pela fiscalização do setor.

O percentual será aplicado de forma linear sobre as tarifas vigentes. Com o reajuste, o valor da tarifa mínima residencial social passará de R$ 12,30 para R$ 12,80; a mínima residencial intermediária será majorada de R$ 24,20 para R$ 25,20; e a mínima residencial normal subirá de R$ 27,50 para R$ 28,60.Fonte:Bocão News

quinta-feira, 10 de maio de 2018

No Norte e no Nordeste, oito das dez polícias mais violentas do Brasil

Em vez de trabalharem para reduzir as taxas de homicídios, as polícias de alguns estados brasileiros têm sido responsáveis pelo agravamento do quadro de violência ao registrar uma quantidade crescente de mortes durante o patrulhamento. Nos últimos anos, o problema piorou principalmente nas regiões Norte e Nordeste do Brasil, onde estão oito das dez polícias mais letais do país.

Os casos de mortes por intervenção policial, historicamente, costumavam se concentrar no Rio de Janeiro e em São Paulo, que ficaram conhecidos por terem as polícias mais violentas do Brasil e do mundo. Depois de 2014, outros estados passaram a registrar aumento de mortes por policiais, não se sabe se decorrente do crescimento real da letalidade ou se pela melhoria dos registros oficiais, que desde 2009 passaram a ser contabilizados e divulgados nos anuários do Fórum Brasileiro de Segurança Pública.

Considerando os dados contabilizados, no entanto, em quatro anos, a taxa de mortes por intervenção policial no Brasil subiu 118%, passando de 1,1 por 100 mil habitantes em 2013 para 2,4 por 100 mil em 2017, conforme o levantamento do Monitor da Violência. São Paulo caiu para a 12ª posição entre as polícias que mais matam no Brasil. O espraiamento da letalidade consolidou de vez o país na liderança mundial das polícias mais violentas do planeta.

A escalada mais impressionante ocorreu no Amapá, estado que ocupa o primeiro lugar no ranking brasileiro. Eram quatro casos de mortes por intervenção em 2013, que se multiplicaram por 16, alcançando 66 ocorrências no ano passado. O índice de 8,3 homicídios por 100 mil habitantes no estado é quase o mesmo da taxa geral de homicídios de São Paulo. Se há um lado positivo nesses dados apresentados pelo Monitor da Violência é que pelo menos agora a sociedade tem uma noção mais ampla do grau de despreparo das polícias brasileiras.

Algumas autoridades, inclusive oficiais das próprias corporações violentas, tentam argumentar que a letalidade elevada é uma decorrência da postura ativa dos policiais no enfrentamento ao crime. Em todas as polícias do mundo, no entanto, essas mortes por intervenção são sinônimo de falta de comando e de treinamento dos policiais para agir de forma inteligente e coordenada.

Nesses números, não constam os casos suspeitos de terem sido praticados por grupos de extermínio formado por policiais. Em 2017, por exemplo, dois policiais morreram no Amapá. A morte do sargento Hudson Conrado, atingido a tiros em outubro de 2017 enquanto aguardava a esposa sair de um culto em Macapá, causou grande comoção no estado. Nas horas que se seguiram, contudo, os moradores de bairros pobres testemunharam um drama que tem se repetido pelo Brasil. Em um prazo de quatro horas, sete jovens foram assassinados nas periferias da cidade. O desinteresse das autoridades em acompanhar o motivo das execuções levou familiares das vítimas a pedirem apoio da Comissão Nacional dos Direitos Humanos da Ordem dos Advogados do Brasil para investigar a ação de grupos de extermínio no estado.

A tolerância à violência policial pode abrir brechas para o surgimento de grupos criminosos fardados, como ocorreu no Rio de Janeiro, que em 2017 ficou na segunda posição do ranking, com taxa de 6,7 por 100 mil habitantes.

A impunidade histórica dos assassinatos praticados por policiais no Rio permitiu o fortalecimento das milícias. As vistas grossas deram uma vantagem aos milicianos frente aos demais grupos, que com o passar dos anos passaram a dominar um número crescente de comunidades no estado – com a conivência de alguns políticos – até se tornar uma das principais forças do crime fluminense. Integrantes das milícias – que são formadas por policiais, agentes penitenciários, bombeiros e seguranças privados – são os principais suspeitos de terem planejado o assassinato da vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes, em março deste ano, ocorrido durante a intervenção federal.

O crescimento do mercado de drogas e do poder de fogo dos criminosos no Brasil também tem levado muitos policiais a se sentirem acuados e a agirem de forma violenta, como se dessa forma estivessem defendendo os integrantes das corporações. O tensionamento desse quadro se acirrou na última década, com a expansão do Primeiro Comando da Capital de São Paulo para outros estados e a articulação de outras facções estaduais a partir dos presídios.

Uma nova cena criminal se formou em quase todos os estados brasileiros, mais estruturada e lucrativa. A violência policial acabou sendo um dos sintomas dessa transformação, revelando o descontrole e a falta de planejamento das autoridades para lidar com essa realidade.

Como resultado, os mesmos estados que testemunharam crescimento generalizado dos homicídios nos últimos anos também aumentaram as taxas de mortes produzidas por intervenção policial. São exemplos o Acre e o Pará, empatados na terceira colocação de violência policial, com 4,5 mortos por 100 mil habitantes; Alagoas (4,2); Rio Grande do Norte e Sergipe (4) e Goiás (3,9).

O Rio Grande do Norte, que em 2017 foi palco das históricas rebeliões em presídios envolvendo o Sindicato do Crime e o PCC, se tornou o estado mais violento do Brasil. O Acre, que ficou na segunda posição no ranking de homicídios em 2017, passou registrar uma disputa sangrenta entre o Bonde dos 13, facção local que se aliou ao PCC, com o Comando Vermelho, promovendo assassinatos filmados e compartilhados pelas redes sociais que aterrorizaram a sociedade local. A sensação de medo e de descontrole parece ter legitimado a ação truculenta das polícias, aumentando o ciclo vicioso de assassinatos.

As realidades históricas de cada estado, no entanto, também tiveram peso importante. O Pará, com um passado vinculado à pistolagem e à disputa política por terra, registrou a maior chacina policial do ano passado. Em maio de 2017, policiais foram cumprir um mandado de reintegração de posse na Fazenda Santa Lúcia, em Pau D’Alho, e dez pessoas morreram. Os policiais disseram que tinham reagido à agressão dos posseiros, mas a investigação da Polícia Federal apontou que as vítimas tinham fugido e depois foram executadas por policiais numa mata.

Muitos policiais também foram vítimas de homicídios em 2017, totalizando 385 mortes no Brasil. O total do ano passado, contudo, foi mais baixo que o do ano anterior, em que 493 policiais morreram. Existe um padrão diferente quando policiais matam e quando policiais são assassinados. A maioria dos homicídios praticados por policiais ocorre durante o serviço. Já o grosso das mortes dos policiais ocorre quando ele está de folga, muitas das vezes durante o bico de segurança, feito para complementar a renda, baixa demais para uma profissão com tantas responsabilidades e tantos riscos.Fonte:G1

Bruno Paes Manso é jornalista e pesquisador do NEV-USP

Santana diz que Colbert fez ‘escolha horrível’ por Ronaldo: ‘Vai ser um traidor do MDB’

Após o prefeito de Feira de Santana, Colbert Martins (MDB), bater pé firme, desobedecer a direção nacional da legenda e manter apoio à pré-candidatura a governador de José Ronaldo (DEM), o pré-candidato ao Palácio de Ondina pelo MDB, João Santana, disse, em entrevista ao Bahia Notícias, que “foi uma escolha partidária horrível”. “Chega a ser traição. Não estou com raiva, estou com pena. Ele vai ser um traidor do MDB”, disparou. Santana ainda disse que Colbert declarou apoio a ele em frente ao ministro da Secretaria de Governo, Carlos Marun. “Ele foi para lá pedir coisas para Feira. Aí Marun tocou no assunto.Tem testemunhas. Além de Marun, o chefe de gabinete [Carlos Henrique Menezes Sobral] me disse: ‘ele falou claramente que está com o senhor’”, contou. No entanto, Colbert nega que tenha discutido isso com o ministro.Fonte:Bahia Noticias

Eleições 2018: partidos nanicos precisam de 'revolução' para se manter vivos

A criação de uma cláusula de barreira para os partidos políticos provocou uma negociação ainda mais intensa nas eleições de 2018 para a construção das chapas proporcionais, que elegem deputados federais e estaduais. O impacto dessa nova legislação é tamanho que há uma corrida pela sobrevivência que impõe, inclusive, uma minirrevolução nas relações entre as siglas pequenas e aqueles detentores das maiores fatias do bolo partidário. Enquanto os grandes partidos buscam a todo custo formar um “chapão” competitivo para manter os atuais detentores de mandato nos cargos a partir do próximo ano, os nanicos preferem sair agrupados para garantir algumas poucas vagas – que podem ser decisivas para a existência das legendas no futuro.

A estratégia já começou a ser rascunhada na última janela partidária, encerrada em 7 de abril. No mês que antecedeu o prazo final, foram diversas as migrações de detentores de mandato em busca de um ninho mais “confortável” para garantir a reeleição. Dois exemplos vêm do PV. Enquanto Marcell Moraes foi para o PSDB para participar de uma chapa com outros partidos com musculatura, além da rejeição dos nanicos, admitamos, o então presidente da sigla, Uldurico Jr., foi até o PPL, onde tentará reeditar a união entre siglas menos expressivas que o elegeu em 2014 – o parlamentar chegou à Câmara dos Deputados pelo PTC.

 A disputa pela chapa proporcional, inclusive, tem gerado tensão entre os comandantes das legendas. De um lado, aqueles partidos que usam os nanicos como trampolim eleitoral para garantir os votos da chapa e assegurar a reeleição. Do outro, os pequenos que precisam de deputados eleitos e desistiram da estratégia de servirem de base para que caciques políticos se perpetuem no poder. Tal situação se repete tanto do lado do governo quanto da oposição.

 Porém, no caso dos adversários do governador Rui Costa (PT), a ausência de uma chapa majoritária competitiva acirra os ânimos e provoca o duelo que vem a público com as alcunhas de “chapão” e de “chapinha”. A própria composição das majoritárias passa pelas negociações para as chapas proporcionais. Por isso, até a realização das convenções, não será raro ver no noticiário que as eleições proporcionais vão agitar as negociações dos bastidores. Não é para menos. Para alguns, é uma questão de vida ou morte. Fonte:Bahia Noticias/por Fernando Duarte

Testemunha diz que policiais estavam no Cobalt usado na execução de Marielle

A testemunha que ligou o vereador Marcello Siciliano (PHS) do Rio e o miliciano Orlando Oliveira de Araújo ao assassinato da vereadora Marielle Franco (Psol) e do motorista Anderson Gomes, afirmou que um policial da 6ª BPM do Rio (Olaria) e um ex-PM do estado estavam no Cobalt usado na execução de Marielle.

Além do PM e do ex-PM, outros passageiros do Cobalt são ligados ao miliciano Orlando, que atua na Zona Oeste e que, de acordo com a testemunha, participou da trama para matar Marielle, junto com Siciliano.

De acordo com informações do jornal O Globo, os dois homens já se envolveram em outra execução com semelhanças à de Marielle em junho de 2015 - e ela também teria ocorrido a mando de Orlando de Curicica, de acordo com o Ministério Público do Rio. A Secretaria de Segurança pediu à Justiça do Rio em 25 de abril a transferência de Orlando para um presídio de segurança máxima, mas a medida até agora não foi autorizada.

Uma pessoas morreu de gripe H1N1 em Retirolândia

Salvador registrou mais uma morte por Influenza A H1N1 na última semana, com total de 10 casos fatais. No entanto, a busca pela vacina continua baixa, de acordo com a Secretaria Municipal de Saúde (SMS). Chegando à quarta semana da Campanha Nacional de Vacinação contra Influenza, apenas 29% do público alvo da capital foi imunizado. O número equivale a 158.554 doses. Iniciada no dia 23 de abril, a estimativa é vacinar 90% das 541.451 pessoas elegíveis para receberem o imunobiológico, conforme recomendação do Ministério da Saúde.

 "Na última semana, uma criança de apenas 2 anos veio a óbito na capital vítima da doença. Apesar da gravidade dos casos, é o público que menos tem procurado os postos de saúde para se proteger, menos de 20% foi imunizado. As crianças estão entre os grupos mais vulneráveis para complicações caso contraia a doença, inclusive com risco de morte, o que infelizmente já é uma realidade no município", alertou a subcoordenadora de Imunização do município, Doiane Lemos.

Os demais grupos também registram baixa cobertura: 28,6% das gestantes, 34,6% dos idosos e 31,9% dos trabalhadores da saúde se vacinaram. As puérperas (mulheres que tiveram filhos nos últimos 45 dias) estão com a cobertura mais avançada, mas ainda distante do que é recomendado, com 50,7%. No restante do estado, o número de casos de H1N1 também vem crescendo.

De acordo com a Secretaria da Saúde da Bahia (Sesab), foi confirmado um total de 100 casos, dos quais 15 evoluíram para óbito. Além dos 10 casos da capital, foram confirmadas mortes em Camaçari (1); Lauro de Freitas (1); Retirolândia (1); Saúde (1) e Serrinha (1).Fonte:Bahia Noticias

Árbitro dispara contra Vinicius: "Vai se f... comigo"

Famoso pelas provocações e discussões com adversários, Vinicius desta vez protagonizou uma embate diferente no primeiro tempo de Bahia e Vasco, na Arena Fonte Nova. O meia do Tricolor se desentendeu com o árbitro Vinícius Gonçalves Dias Araújo.

A transmissão da emissora de TV que cobre a partida ao vivo para todo o país flagrou o momento em que o profissional do apito paulista perde a paciência com as reclamações do jogador após a marcação de uma mão sua. O atleta ainda riu ironicamente para o árbitro.

Foi o suficiente para irritar o paulista, que ao encostar-se às costas de Vinicius, proferiu um xingamento ameaçando o meia de punição. "Você vai se f... comigo", disse.Fonte:Bocão News

quarta-feira, 9 de maio de 2018

Serrinha: Água para quem precisa é compromisso de vice-prefeito que trabalha

Instigado pela carência de um povo, o empresário do ramo de calçados e confecções, Adalberto Dutra Rocha "Berg da Aragom", em 2015, aos 44 anos de idade resolveu adentrar de verdade na vida pública.

Seu pensamento foi único e exclusivo de servir à comunidade serrinhense, especialmente, aos mais carentes.

Começou uma trajetória mostrando sua cara e divulgando seu nome em todas as localidades do município com o pensamento de ser candidato a prefeito.

Fez várias mudanças de partidos até se encontrar no Partido da Mulher Brasileira (PMB), local onde foi tratado com respeito e teve total liberdade para trabalhar.

Continuou com o propósito de ser candidato a prefeito, porém lhe foi apresentado um projeto pelo grupo do atual gestor e Berg aceitou, no entanto, consciente que seria vice naquele momento, mas tocaria seu pensamento de melhoras para Serrinha em frente.

Ele já tinha entendimento que vice nem sempre tem o apoio e liberdade de um gestor para trabalhar, para colocar em prática seus ideais.

Logo de início começou enfrentar dificuldade no relacionamento e suas promessas de campanhas estariam todas comprometidas. Mas inteligente como é, Berg foi em busca de apoio de deputados e, pela frente, encontrou o deputado federal Elmar Nascimento, do DEM.

Berg lhe passou um diagnóstico das carências do povo serrinhense, inclusive, sobre a falta de água na zona rural. Elmar garantiu lhe ajudar e, de imediato, disponibilizou uma emenda para perfuração de alguns poços artesianos em parceria com a Funasa.

As primeiras visitas aconteceram em novembro de 2017 quando a população já ficou logo feliz com a notícia, mas vivia a expectativa de perfurar e dar água para consumo. Em janeiro teve outra visita e no período do carnaval de 2018, enquanto outros curtiam as festas Berg estava preocupado com as perfurações dos poços que aconteciam naquele período.

Os poços foram perfurados com sucesso, deram água e certamente vão mudar a realidade destas comunidades beneficiadas onde o povo está de sorriso largo e muito feliz com estas conquistas.

Por não ter nascido em berço de ouro, vim da camada mais simples da sociedade, Berg tem sensibilidade e conhece as carências do povo de perto.

Para ele, o interessante é trabalhar, prestar seus serviços para todos e depois passar o bastão para aqueles que lhe sucederem, mas segundo o vice: "o político tem que deixar seu legado positivo na história e na vida de um povo. Caso contrário, não valeu à pena ter entrado na vida pública", declarou o vice-prefeito de Serrinha Berg da Aragom.

Além desta grandiosa ação, desde o dia 2 de janeiro de 2017, quando começou exercer o cargo de vice-prefeito de Serrinha, Berg da Aragom já realizou muitas outras, inclusive, algumas que não foram noticiadas. Isso prova o seu compromisso no cargo que o povo lhe elegeu e mostra como cada vice deveria e deve se comportar na função, porque é para essa finalidade que a população vota, para ver trabalhar pelo município.

É interessante ressaltar, também, que estas ações independem da prefeitura local, são obras que Berg vem conseguindo fora, através do seu prestígio, conhecimento, dedicação e emprenho.Fonte:Blog Cival Anjos

Prefeitura Municipal de Serrinha Informa

Microempreendedor Individual, aprenda a tirar ainda mais proveito do seu negócio com o SEI. Mais uma iniciativa do Sebrae, que visa lhe ensinar tudo que você precisa pra ser MEI e exercer sua atividade de forma organizada e, assim, melhorar seus resultados.

Participe da Oficina SEI do Sebrae e se destaque como empreendedor! Nela, você aprenderá a fortalecer seu negócio e a promover mudanças positivas.

Cadastre-se no Balcão do Empreendedor localizado no Setor de Tributos da Prefeitura Municipal de Serrinha ou no Portal do Sebrae http://www.sebrae.com.br/sites/PortalSebrae, no Menu a esquerda click em MEI e em seguida em Oficina SEI.
Esperamos você la!

Data/Hora: 14 de Maio de 2018 (Segunda Feira) das 18h30 as 22h30.
Local: CDL Serrinha

SEDESP – Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Serviços Públicos de Serrinha

Prefeitura Municipal de Serrinha - Compromisso com o Progresso!

Lava Jato mira contrato que Odebrecht diz ter tratado com Temer em 2010

 O contrato da Petrobras investigado na 51ª fase da Operação Lava Jato, a Déjà Vu, deflagrada nesta terça-feira (8), foi citado na delação premiada de um executivo da Odebrecht como tema de uma reunião em 2010 entre membros da empreiteira e a “cúpula do MDB”, que aconteceu no escritório político do presidente Michel Temer, em São Paulo. Segundo o ex-presidente da Odebrecht Engenharia Industrial Márcio Faria, o encontro selou a promessa de que a empreiteira repassaria ao partido 5% dos 825,6 milhões de dólares do contrato para recuperação, construção e montagem de ativos de segurança, meio ambiente e saúde (SMS) da estatal em nove países. O valor combinado, disse Faria, foi de 40 milhões de dólares.

O delator afirmou à Procuradoria-Geral da República (PGR) que, desde o início do processo licitatório para a contratação, houve um direcionamento para que a Odebrecht fosse a vencedora do certame. Conforme Faria, seu subordinado na subsidiária da Petrobras, Rogério Santos de Araújo, foi procurado pelo ex-gerente da Petrobras Aluísio Teles, preso nesta terça-feira, que propôs beneficiar a empreiteira com informações privilegiadas em troca de 3% de propina.

Márcio Faria relatou, no entanto, que mesmo com sua concordância em pagar a vantagem indevida e após a comissão de licitação da Petrobras recomendar a assinatura do contrato, a Diretoria Internacional da estatal não havia concretizado o negócio e protelava a contratação. A pasta era ocupada por Jorge Zelada, indicado pelo MDB ao cargo. Foi neste momento, segundo Faria, que o lobista João Augusto Henriques, ligado ao partido, procurou Rogério Araújo e lhe informou de que a empreiteira deveria pagar 5% de propina.

O convite para a reunião em São Paulo, conforme o delator, veio depois do pedido de Henriques. O endereço indicado pelo lobista para o encontro, marcado para 15 de julho de 2010, foi o da casa de Michel Temer na Praça Panamericana, no Alto de Pinheiros, Zona Oeste da capital paulista. “Chegando lá eu soube que se tratava do escritório político do seu Michel Temer, à época candidato à Vice-Presidência da República na chapa com a Dilma”, disse o delator.

Márcio Faria relatou que também participaram da reunião, além de Temer, os ex-deputados federais Eduardo Cunha (MDB-RJ) e Henrique Eduardo Alves (MDB-RN) e o lobista João Augusto Henriques. O presidente se sentou à cabeceira da mesa, conforme o depoimento do delator, mas quem falou sobre a propina foi Cunha, preso desde outubro de 2016.

“Passadas as amenidades, o Eduardo Cunha tomou a palavra, falou: ‘olha, o pessoal tá no processo de contratação do PAC-SMS com a Petrobras, Diretoria Internacional, e tem o compromisso que, se realmente for assinado o contrato, vai ter uma contribuição muito importante ara o partido’. Olhando pra mim, porque eu é que teria que confirmar esse entendimento. Fui lá para ‘abençoar’ esse compromisso. Eu falei ‘exatamente, estou de acordo, nós vamos contribuir com o que o deputado falou’”, disse Márcio Faria.

Indagado pelos procuradores que colheram seus depoimentos sobre a legalidade dos recursos, o ex-executivo foi taxativo: “totalmente como vantagem indevida, porque era um percentual em cima de um contrato. Ninguém falou de diretório, seja municipal, estadual ou federal, nada, era um percentual de um valor determinado no contrato”.

Ainda conforme Márcio Faria, o valor em propina foi pago por meio de valores em espécie no Brasil e em contas de operadores no exterior. Ele citou o nome de Ângelo Tadeu Lauria, também detido na Operação Déjà Vu, como o encarregado de receber os valores do departamento de propinas da Odebrecht.

Na coletiva de imprensa em que a força-tarefa da Operação Lava Jato detalhou as investigações da ação deflagrada hoje, o procurador Roberson Pozzobon explicou que a apuração em primeira instância só pode atingir pessoas sem foro privilegiado.

“A gente não pode usurpar das nossas atividades para investigar pessoas que são investigadas no Supremo Tribunal Federal. Mas, ao mesmo tempo, não podemos deixar aqueles que não têm foro não serem investigados e serem beneficiados pela não atuação do Estado. A nossa atuação aqui se dá para investigar todos aqueles que estão sob o nosso alcance de atribuição e competência”, declarou.

À época da divulgação das delações premiadas da Odebrecht, em abril de 2017, a Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República afirmou que Michel Temer “jamais tratou de valores com o senhor Márcio Faria” e que eles estiveram juntos em 2010 em uma conversa “rápida e superficial”.

“A narrativa divulgada não corresponde aos fatos e está baseada em uma mentira absoluta. Nunca aconteceu encontro em que estivesse presente o ex-presidente da Câmara, Henrique Alves, com tais participantes. O que realmente ocorreu foi que, em 2010, na cidade de São Paulo, Faria foi levado ao presidente pelo então deputado Eduardo Cunha. A conversa, rápida e superficial, não versou sobre valores ou contratos na Petrobras (…) O presidente contesta de forma categórica qualquer envolvimento de seu nome em negócios escusos. Nunca atuou em defesa de interesses particulares na Petrobras, nem defendeu pagamento de valores indevidos a terceiros”.Fonte:Veja

Testemunha envolve vereador e miliciano na morte de Marielle, diz jornal

Prestes a completar dois meses e ainda sem serem esclarecidos, os assassinatos da vereadora do Rio de Janeiro Marielle Franco (PSOL) e do motorista dela, Anderson Gomes, podem ter ganhado uma importante testemunha. Segundo reportagem publicada pelo site do jornal O Globo na noite desta terça-feira (8), um homem que integrou uma milícia carioca procurou a polícia para relatar que o vereador Marcelo Siciliano (PHS) e o miliciano e ex-policial militar Orlando de Curicica, que está preso, queriam a morte de Marielle. A vereadora foi assassinada com quatro tiros na cabeça no dia 14 de março, quando deixava, de carro, um evento político no Estácio, Centro do Rio. Anderson, que dirigia o veículo, foi atingido por três disparos nas costas.

Ao jornal, Siciliano afirmou não conhecer Orlando e classificou o conteúdo dos depoimentos como “notícia totalmente mentirosa”.

Em troca de proteção, segundo O Globo, a testemunha prestou três depoimentos à Divisão de Homicídios (DH) da Polícia Civil, nos quais detalhou como a execução de Marielle Franco foi planejada e forneceu nomes de quatro homens que teriam sido incumbidos do crime, além de informar datas, horários e locais de reuniões entre Siciliano e Orlando desde junho de 2017. Conforme O Globo, mesmo detido no presídio de Bangu 9 desde outubro do ano passado, o miliciano ainda comanda um grupo paramilitar na Zona Oeste carioca.

A testemunha teria dito aos investigadores que presenciou um encontro entre o vereador e o miliciano em um restaurante no Recreio dos Bandeirantes, também na Zona Oeste, no qual ouviu Marcello Siciliano e Orlando de Curicica falando sobre a vereadora. “Eu estava numa mesa, a uma distância de pouco mais de um metro dos dois. Eles estavam sentados numa mesa ao lado. O vereador falou alto: ‘Tem que ver a situação da Marielle. A mulher está me atrapalhando’. Depois, bateu forte com a mão na mesa e gritou: ‘Marielle, piranha do Freixo’. Depois, olhando para o ex-PM, disse: ‘Precisamos resolver isso logo’”, relatou o homem, segundo O Globo.

Ele teria citado como motivo da desavença entre Marielle Franco e Marcello Siciliano a atuação da vereadora em comunidades da Zona Oeste nas quais milícias têm interesse, mas que ainda seriam dominadas por traficantes. “Ela peitava o miliciano e o vereador. Os dois chegaram a travar uma briga por meio de associações de moradores da Cidade de Deus e da Vila Sapê. Ela tinha bastante personalidade. Peitava mesmo. Orlando era o braço operacional do vereador na Zona Oeste. O vereador continuou a contar com o apoio da quadrilha mesmo depois que o miliciano ser preso ano passado”, disse o homem, conforme o jornal.

Ainda segundo O Globo, a testemunha declarou que a ordem para o crime foi dada um mês antes dos assassinatos, de dentro da cadeia de Bangu. Orlando de Curicica teria determinado que homens de sua confiança clonassem um carro e encarregado um homem identificado como Thiago Macaco de levantar detalhes sobre a rotina de Marielle.

A testemunha teria sido obrigada a trabalhar como “segurança” do miliciano por cerca de dois anos. O homem teria sido ameaçado de morte e coagido a partir do momento em que Orlando tomou a comunidade onde ele trabalhava instalando equipamentos de TV a cabo. “Fui coagido: ou morria ou entrava para o grupo paramilitar. Virei uma espécie de segurança dele. Também ficava responsável por levar o filho para a escola; acompanhava a mulher de Orlando para compras em shoppings”, relatou, conforme O Globo.

Ainda conforme o jornal, a testemunha revelou que os assassinatos do ex-assessor de Marcello Siciliano Carlos Alexandre Pereira Maria, o Alexandre Cabeça, de 37 anos, e do policial militar reformado Anderson Claudio da Silva, de 48 anos, foram “queima de arquivo” relacionada às mortes de Marielle Franco e Anderson Gomes.

Siciliano negou, na noite de terça, que tivesse interesse na morte de Marielle. Em nota divulgada por sua assessoria de imprensa, o vereador se disse revoltado com a acusação. “Expresso aqui meu total repúdio à acusação de que eu queria a morte de Marielle Franco. Ela é totalmente falsa. Não conheço Orlando da Curicica e acho uma covardia tentarem me incriminar dessa forma. Marielle, além de colega de trabalho, era minha amiga. Tínhamos projetos de lei juntos. Essa acusação causa um sentimento de revolta por não ter qualquer fundamento. Eu, assim como muitos, já esperava que esse caso fosse elucidado o mais rápido possível. Agora, desejo ainda mais celeridade”, afirmou.Fonte:Veja/Globo

Eleição não mudará Brasil, diz Joaquim Barbosa a jornal após desistir de disputa

Para o ministro aposentado do Supremo Tribunal Federal (STF) Joaquim Barbosa, que anunciou nesta terça-feira (8) sua desistência de concorrer à Presidência, este pleito não irá mudar o Brasil.

"Não acredito que esta eleição mude o país. O Brasil tem problemas estruturais gravíssimos, sociológicos, históricos, culturais, econômicos", disse em entrevista ao jornal Valor Econômico.

Barbosa disse temer que a escolha do novo mandatário brasileiro aprofunde as desigualdades sociais. "Meu temor é que os grupos que são indiferentes a isso vão se unir para dominar esse processo eleitoral. Se uniriam contra mim, não tenho dúvidas."

Ao jornal o ex-presidente do Supremo afirmou que não vê "glamour na vida de quem tem poder" e que não morre de amores pelo poder. "Tudo aquilo que leva os políticos a conquistar o poder, nunca me atraiu."

Barbosa disse que se filiou ao PSB há um mês, no prazo para quem deseja concorrer a um cargo, porque até então ainda tinhas dúvidas sobre seguir ou não a carreira política. Lamentou que o sistema eleitora do país não permite candidaturas avulsas.

Também contou que planeja estar fora do Brasil no dia da eleição, em outubro. Assim, não votará para presidente.

Sua família, disse, "está aliviada" com a decisão de deixar para lá a tentativa de suceder Michel Temer (MDB).

BOLSONARO
No mesmo dia, Barbosa apontou, em entrevista ao jornal O Globo, três preocupações que o afligem sobre o futuro do Brasil: Jair Bolsonaro (PSL) ser eleito presidente, Temer continuar no poder e a instauração de novo regime militar.

Bolsonaro reagiu às críticas. "É um atestado de completa ignorância política. Se ele não quer ajudar o Brasil, tudo bem. Estou sozinho nessa briga [contra a corrupção]. Ele poderia ser candidato e ajudar", afirmou o presidenciável à publicação carioca.

Em seguida, Bolsonaro afirmou ter uma "dívida de gratidão" a Barbosa. "Não quero mal a ele, pois foi o único que disse a verdade sobre mim. Quando julgou o mensalão, disse que eu era um dos únicos que não tinham sido comprados. E eu o agradeço muito por ter falado isso."

Operação da PF mira desvio de recursos federais para educação na Bahia

A Polícia Federal deflagrou na manhã desta quarta-feira (9) a operação Prato Feito, que tem como alvo cinco grupos suspeitos de desviar recursos da União destinados à educação em municípios dos estados de São Paulo, Paraná, Bahia e Distrito Federal. O esquema envolveria 85 pessoas: prefeitos, ex-prefeitos, vereadores e agentes públicos e privados, suspeitos de fraudar 65 contratos, que somam mais de R$ 1,6 bilhão, segundo a Controladoria Geral da União.

Nesta manhã são cumpridos 154 mandados de busca e apreensão, além de afastamentos preventivos de agentes públicos e suspensão de contratação pública com 29 empresas e seus sócios. A investigação foi iniciada em 2015, com base em informações sobre possíveis fraudes em licitações de merenda escolar em municípios paulistas apontadas pelo TCU (Tribunal de Contas da União).

Os grupos criminosos são suspeitos de atuar em 30 municípios, contatando prefeituras por meio de lobistas para direcionar licitações na área da educação, segundo os investigadores. Os recursos federais eram destinados à compra de merenda escolar, uniformes, material didático e outros serviços.

Os investigados devem responder por crimes de fraude a licitações, associação criminosa, corrupção ativa e corrupção passiva, com penas que variam de 1 a 12 anos de prisão.Fonte:Bahia News

Nós temos a campanha de Lula pronta, assegura Gleisi

A presidente nacional do PT, senadora Gleisi Hoffmann, assegura que o partido vai registrar a candidatura do ex-presidente Lula, mesmo com o petista na cadeia. "Nós temos a campanha do presidente Lula pronta", reitera.

"Acreditamos na inocência dele. Ele tem os maiores índices de apoio popular nas pesquisas, está com seus direitos políticos legais, não tem nenhum problema", disse a dirigente em entrevista ao apresentador José Eduardo na Metrópole FM na manhã desta quarta-feira (9).

"O PT vai registrá-lo, sim, em agosto. A pessoa tem até a diplomação para suspender a inelegibilidade", apontou a senadora.